PUBLICIDADE

Sucessor do Volkswagen T-Cross é elétrico e será o ID.2 all SUV

Projeto começa na Europa e pode ser o último ato do investimento de R$ 16 bi da marca no Brasil até 2028

19 fev 2024 - 09h09
(atualizado em 6/3/2024 às 15h29)
Compartilhar
Exibir comentários
Volkswagen ID.2all SUV
Volkswagen ID.2all SUV
Foto: VW / Guia do Carro

Um Volkswagen elétrico sucessor do T-Cross. Há rumores que indicam a possibilidade da montadora produzir um modelo com tal configuração no Paraná, o que deve acontecer em 2028, ano em que a marca totaliza o investimento de R$ 16 bilhões em novos produtos e novos projetos para suas quatro fábricas no Brasil.

O último ato seria um elétrico para mudar completamente a história do SUV. O substituto do T-Cross seria de baixo custo e uma opção da VW para concorrer com nomes que vão crescendo nesse setor.

A estratégia elétrica da Volkswagen começou com modelos como ID.4, ID.5, ID.Buzz e ID.7, mas agora deve mudar o foco para segmentos de entrada. Além do ID.3, a Volkswagen prepara o ID.2 e o ID.2 All SUV. Seria esse o sucessor do T-Cross.

A Volkswagen considera (e não é de hoje) a produção de carros elétricos no Brasil como viável e, para isso, conta com a plataforma MEB-Entry, considerada ideal para mercados emergentes por permitir uma boa relação de custo-benefício.

O ID.2 SUV deverá receber a plataforma elétrica MEB, projetada para um único motor dianteiro e tração dianteira. Serão oferecidas baterias de 38 kWh e 58 kWh, com autonomia em torno dos 400 km.

A princípio, esse substituto do T-Cross seria comercializado na Europa, onde a produção da versão a combustão deve ser encerrada em 2025. Até 2033, a marca planeja vender exclusivamente veículos elétricos no mercado europeu.

Podcast: Omoda e Jaecoo, duas novas marcas chinesas no Brasil:
Guia do Carro
Compartilhar
Publicidade
Publicidade