PUBLICIDADE

Asteroide passará a menos de 10 mil km da Terra no dia 26

Passagem pelo planeta será a 4ª mais próxima já registrada

23 jan 2023 - 11h45
(atualizado às 12h00)
Compartilhar
Exibir comentários

Um asteroide está se aproximando da Terra e passará próximo ao planeta no dia 26 de janeiro, informam astrônomos internacionais nesta segunda-feira (23).

É o terceiro asteroide que passa a uma distância pequena da Terra só em 2023
É o terceiro asteroide que passa a uma distância pequena da Terra só em 2023
Foto: Reprodução/Twitter / Ansa - Brasil

Segundo o responsável pelo Virtual Telescope Project, o astrofísico italiano Gianluca Masi, o astro "passará a menos de 10 mil quilômetros do centro do nosso planeta" - mais precisamente, a 9.877kms.

Com isso, o chamado 2023 BU será o terceiro a passar próximo da Terra - a uma distância menor do que a entre o planeta e a Lua - só neste ano e o quarto mais próximo já registrado.

O pico de aproximação deve ocorrer às 19h17 (horário de Brasília) com uma variação de duas horas para mais ou para menos.

O outro detalhe é que esse asteroide só foi avistado pela primeira vez pelo engenheiro e astrônomo amador Gennadiy Borisov no último dia 21 de janeiro a partir de um observatório da Crimeia. Após a notificação, diversos observatórios internacionais começaram a estudar a trajetória do 2023 BU, como o francês de Saint-Pardon-de-Conques, o inglês Great Shefford e o norte-americano Kitt Peak.

Os especialistas determinaram que ele tem um diâmetro estimado de 3,7 a 8,2 metros e pertence ao chamado grupo de asteroides Apollo, que compreende corpos celestiais potencialmente perigosos para a Terra por conta do risco de um impacto catastrófico. Por exemplo, o meteoro de Cheliabinsk, que explodiu na cidade homônima na Rússia em 2013, era do agrupamento Apollo.

Atualmente, o asteroide está na altura da constelação Ursa Maior, a uma distância inferior aos 900 mil km do nosso planeta, e viaja a cerca de 9,3km/s. .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade