Número de milionários no Brasil chega a 413 mil em 2023

Em 2021, o país tinha 293 mil pessoas com mais de 1 milhão; para CEO da Inteligência Comercial, o crescimento ajuda o Brasil a chegar à 1 milhão de milionários até 2030

23 abr 2024 - 15h56

O número de milionários brasileiros saltou de 293 mil, em 2021, para 413 mil, em 2023. A informação faz parte do Global Wealth Report 2023 (Relatório de Riqueza Global 2023), divulgado pelo banco Credit Suisse e pelo UBS

Foto: Image by senivpetro on Freepik / DINO

O levantamento considera como "riqueza" o valor dos ativos financeiros mais os ativos reais (sobretudo imóveis) de famílias, menos suas dívidas. Irã, Noruega, México e Rússia também integram a lista de nações onde o número de milionários mais cresceu no período em questão.

Publicidade

"Em relação ao percentual de milionários no país, estamos no caminho certo, pois 41% de crescimento no período ajuda nossa trajetória para chegarmos à marca de 1 milhão de milionários até 2030", afirma Luciano Bravo, mentor de crédito internacional, Country Manager da Savel Capital e CEO da Inteligência Comercial.

Para Bravo, entre as condições que fizeram com que o país tivesse esse crescimento neste período, vale destacar o crescimento do agronegócio e a melhora na gestão de empresas de médio porte, que facilitou que muitos empresários conseguissem alcançar a marca de US$ 1 milhão (R$ 5,09 milhões) em ativos e capital, engrossando o aumento da lista. 

"Nosso país precisa aumentar as condições para que o número de milionários se expanda mais rapidamente, sendo o principal fator o aumento na concessão de crédito às empresas e melhores condições de entrega deste crédito, ao mercado privado", afirma o mentor de crédito internacional.

Ainda segundo Luciano, "a disparidade de números entre o Brasil e outros países no ranking de milionários levanta questões sobre as oportunidades de crescimento e prosperidade no país, como o acesso ao crédito e outras questões", diz. O mentor de crédito internacional explica que os 413 mil milionários no Brasil é considerado um número baixo de acordo com a média populacional, principalmente quando comparado aos 22,7 milhões de milionários nos Estados Unidos, que é considerado um número aceitável para a população

Publicidade

Crédito privado é alternativa para alavancar o mercado

Segundo indicativos da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), compartilhados pela revista Exame, o mercado de crédito privado mencionado pelo Country Manager da Savel Capital saltou de R$ 64 bilhões, em 2016, para R$ 236 bilhões, em 2023.

"O crescimento do mercado de crédito privado é resultado justamente da necessidade dos empresários do país em acessar crédito para manter suas estruturas e crescer", diz o CEO da Inteligência Comercial. A empresa de Bravo atua com empréstimos para empresas brasileiras que buscam investir no próprio crescimento.

Para mais informações, basta acessar: https://inteligenciacomercial.com/

Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Curtiu? Fique por dentro das principais notícias através do nosso ZAP
Inscreva-se