Dê mais estabilidade e segurança na hospedagem do seu site.

MasterChef faz cozinheiro transexual ser aceito pela família

Thales foi eliminado poucas horas depois de se reconciliar com a mãe dele

17 out 2018 09h33
Compartilhar
comentários

Talvez coincidência, talvez premonição. ‘De Volta Pra Casa’ foi o nome dado pelo mineiro Thales Alves a seu prato na prova de eliminação do nono episódio da atual temporada com profissionais da cozinha.

Thales Alves no Instagram: “Verdade é aquilo que move a gente todos os dias para seguir de pé”
Foto: Band / Divulgação

Dito e feito: o frango com angu, caviar de pequi e milho tostado cumpriu a obrigação de ser uma composição amarela, como exigia o tema monocromático, mas pecou em tempero e, como gostam de dizer os jurados, faltou o tal ‘punch’ de sabor.

publicidade

Justamente a comida típica de domingo na casa de Thales o fez ser eliminado do ‘talent show’ da Band. Mas sua passagem pelo programa o tornou vitorioso em outros aspectos.

Tornou-se o primeiro transexual a integrar a mais popular e bem-sucedida competição gastronômica da TV brasileira e, graças a esse desafio, conseguiu se reaproximar de sua mãe.

A matriarca dos Alves não aceitou bem a transição de gênero do filho. Ficaram quase dois anos sem se falar. Ao descobrir que o rapaz estava no MasterChef, ela tomou a iniciativa de telefonar para acenar com a reconciliação.

A conversa com a mãe dele aconteceu pouco antes do início da gravação do episódio de sua eliminação. O programa, rodado com muita antecedência, nem havia estreado.

publicidade

Em um post no Instagram, o professor de gastronomia comentou a respeito do preço cobrado pela experiência diante das câmeras: “Eu deixei minha família, meus empregos, minha estabilidade. Dei minha cara a tapa, pus meu nome em jogo, abri os braços para um mundo sem porteira”.

Na mesma mensagem, o chef trans, de 25 anos, relatou o lado negativo da superexposição na TV. “Vieram socos, xingamentos, desejos ruins”, escreveu, referindo-se aos haters que o atacaram por conta de sua condição de gênero.

No depoimento final, o chef disse que sua “missão de vida é salvar uma vida”. Ele deseja servir de inspiração a outros transexuais e ajudar na luta contra a transfobia, especialmente no mercado de trabalho. “A partir do momento que me veem cozinhando, vão perceber como vale a pena investir em pessoas como eu.”

Thales deixou uma marca no MasterChef Brasil. Dono de autoconfiança elevada, foi visto como arrogante por alguns colegas e parte do público. Em várias ocasiões, não titubeou em contestar a análise negativa dos jurados em relação a seus pratos.

publicidade

Numa postagem em rede social, no início da temporada, explicou o seu jeito de ser: “Quantos chefs trans você conhece? Pois é. A minha identidade de gênero faz parte de quem eu sou, não existe Thales sem ele sentir orgulho de quem é. Você já sentiu orgulho de quem está sendo hoje?”

Veja também

Video Player
Intimidade Entre Estranhos Trailer Oficial
Fique por dentro das principais notícias de Entretenimento
Receba notificações
Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
publicidade
Últimas de Diversão