Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Casagrande se empolga com Róger Guedes: 'Já entrou para a história do Corinthians. Jamais será esquecido'

Atacante corintiano marcou duas vezes e garantiu a vitória no Derby contra o Palmeiras

26 set 2021 12h24
| atualizado às 12h24
Compartilhar

Principal destaque do clássico deste sábado na Neo Química Arena, o atacante Róger Guedes, que marcou dois gols, entrou para história do Corinthians em seu primeiro Dérbi com a camisa alvinegra. Pelo menos, é o que acredita Walter Casagrande, comentarista do Grupo Globo. Em seu blog no 'ge', o ex-jogador encheu a bola do ex-Palmeiras e disse que ele 'jamais será esquecido pela Fiel'.

Casagrande é comentarista da Globo (Reprodução/Globoplay)
Foto: Lance!

- Os dois gols do Timão na vitória por 2 a 1 foram de um deles, Róger Guedes, um jogador que caiu muito bem no time. Ele é forte, agressivo, difícil de ser marcado, por causa de sua força e das arrancadas agudas. Em quatro jogos, ele já entrou para a história do Corinthians. Jamais será esquecido pela Fiel - exclamou Casão.

Publicidade

Antes de analisar o resultado para Abel Ferreira e Palmeiras, Casagrande afirmou que o resultado foi uma 'salvação' para Sylvinho.

- Para o Sylvinho, foi uma salvação, porque as cobranças eram fortes. Para o Abel, essa primeira derrota para o Corinthians, antes da semifinal da libertadores, na terça, contra o Galo no Mineirão, foi muito indigesta - completa.

Em seguida, destrincha toda a pressão sobre Abel Ferreira após resultados recentes ruins.

- Até o confronto contra o Atlético-MG, ele terá que suportar críticas e grande pressão da torcida. Talvez jogue sua permanência nessa partida. Mesmo sendo campeão da Libertadores e da Copa do Brasil, as coisas não ficaram boas depois desses títulos. Foi um vexame no Mundial, ficando em quarto lugar, sem marcar gols com a bola rolando e perdendo nos pênaltis a terceira posição - começou o comentarista.

Publicidade

- Depois perdeu a Supercopa do Brasil para o Flamengo, também nos pênaltis, tendo a vitória nas mãos. Aí veio a derrota para o Defensa y Justicia na final da Recopa Sul-Americana. E para piorar ainda mais as coisas, foi eliminado em casa, também nos pênaltis, para o CRB, sendo que havia vencido em Maceió por 1 a 0.O pacote está muito mais pesado para o lado negativo do que para o positivo, e não sou só eu que estou falando isso. É a realidade dos fatos - concluiu Casagrande.

Show Player
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações