Economia

Mercados acionários europeus fecham semana com alta acumulada apesar de crise na Catalunha

6 out 2017 14h13
comentários

Os mercados acionários europeus avançaram pela quarta semana consecutiva nesta sexta-feira uma vez que a confiança na recuperação econômica da região superou as preocupações com a crise da Catalunha, cujo impacto permaneceu confinado às ações espanholas.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,37 por cento, a 1.531 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,4 por cento, a 389 pontos.

publicidade

Apesar da queda, o STOXX acumulou alta de 0,3 por cento nos últimos cinco dias.

Já o IBEX da Espanha terminou uma semana tumultuada com queda acumulada de 1,9 por cento, após um referendo proibido no último fim de semana na Catalunha no qual os votos pela independência tiveram maioria.

Os desembolsos dos fundos de ações espanholas atingiram seu nível mais alto em quase três anos na semana passada, uma vez que os investidores ficaram alarmados com o confronto entre Madri e a Catalunha, segundo dados da EPFR Global.

Mas os fluxos para os fundos de ações europeus excederam 1 bilhão de dólares pela terceira semana, já que a recuperação econômica da região manteve seu impulso, acrescentou a EPFR.

O diretor-gerente do Credit Suisse, Michael O'Sullivan, disse que não espera mudar a estratégia de investimento por causa de eventos na Espanha.

"É muito fácil ficar preso nesses debates e se concentrar na política", disse ele. "Portanto, como regra, apenas observamos o mercado e o impacto macroeconômico."

As ações dos bancos Caixabank e Sabadell, com sede na Catalunha, recuaram após a forte alta da sessão anterior com as notícias que estavam buscando mudar sua sede de Barcelona.

O Sabadell e o Caixa têm a maior exposição entre os principais bancos espanhóis aos empréstimos do setor privado na rica região da Catalunha, enquanto o Santander e o Unicaja são menos expostos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,20 por cento, a 7.522 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,09 por cento, a 12.955 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,36 por cento, a 5.359 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,77 por cento, a 22.392 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,29 por cento, a 10.185 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,60 por cento, a 5.395 pontos.

Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
publicidade