PUBLICIDADE

Doutorando em funk oferece aulas gratuitas de música em favela de SP

Thiago de Souza, professor de música clássica e que faz doutorado na USP, tem projeto que leva aprendizado de instrumentos musicais

26 abr 2023 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
Professor oferece desde o início do ano aulas gratuitas de música
Professor oferece desde o início do ano aulas gratuitas de música
Foto: Reprodução/@canaldothiagson

“Chega de dar aula pra playboy", escreveu Thiago de Souza, ou Thiagson, nas redes sociais. E assim foi feito. Ele, que é funkeiro, professor de música e doutorando em funk na USP (Universidade de São Paulo), agora oferece aulas gratuitas de música na Nova Titan, favela localizada em Santo André, na Grande São Paulo. 

Thiagson nasceu no sertão da Bahia. Em São Paulo, teve vivências em Sapopemba, na região leste da cidade, e em Santo André. A vontade de fazer um projeto voltado para as periferias, sua essência, vem de muito tempo. 

“São alguns anos tentando levar esse sonho pra frente. Cês tão ligados que o mundão exige que a gente faça vários corres pra poder se manter, ter o mínimo pra sobreviver. Trabalhei por anos dando aulas para a classe-média paulistana. Foi difícil, mas sobrevivi”, desabafou, em publicação no Instagram. 

Thiago de Souza, funkeiro e professor de música clássica
Thiago de Souza, funkeiro e professor de música clássica
Foto: Arquivo pessoal

Aulas gratuitas

Com o apoio dos parceiros MC Chaleks e Lucas Bola, a iniciativa disponibiliza aulas de canto, violão, teclado, piano, percussão, teoria musical e iniciação à produção musical. Não há restrições de idade ou níveis de experiência. “No pique de favela. Quem brotar brotou”, respondeu ao Visão do Corre. 

Desde fevereiro deste ano, as aulas têm acontecido na Nova Titan, mas Thiagson não descarta convites para dar aulas em outras quebradas. “Por ora tamo só em Santo André, mas qualquer convite que pintar a gente aceita”, disse. 

A próxima aula será nesta quarta-feira (26), às 19h30, no Bar do Bolinha – Rua Icatu, 49, Jardim Ipanema, em Santo André. Para ficar por dentro das datas, a dica é ficar de olho no perfil dele no Instagram. 

O cara é brabo, pois além de músico profissional, professor de diferentes instrumentos, é também compositor, palestrante e escritor – autor dos livros "Sorry It’s Over: A Morte da Música Clássica” e “Apontamentos sobre Alban Berg”.

Além disso, desenvolve um trabalho de divulgação científica nas redes sociais. Em seu canal no YouTube, por exemplo, aborda as temáticas do funk e as origens do preconceito musical.

Fonte: Visão do Corre
Compartilhar
Publicidade
Publicidade