PUBLICIDADE

Yasmin Brunet lava o cabelo o mínimo possível? Entenda e saiba riscos

Em vídeo antigo, sister do BBB 24 Yasmin Brunet explicou a frequência com que lavava o cabelo; saiba quantas lavagens por semana é o ideal

7 fev 2024 - 12h01
(atualizado às 17h11)
Compartilhar
Exibir comentários

Vira e mexe os internautas resgatam um vídeo de Yasmin Brunet, que é modelo, empresária e atual participante do BBB 24, onde ela diz que "lava o cabelo o mínimo possível". A gravação, que faz parte de uma entrevista para a influenciadora Gabriela Pugliesi, é de 2016 e dá o que falar até hoje. Mas e aí, isso é prejudicial? E qual seria a frequência certa para as lavagens?

Yasmin Brunet comentou em 2016 que, na época, lavava o cabelo o mínimo possível
Yasmin Brunet comentou em 2016 que, na época, lavava o cabelo o mínimo possível
Foto: Instagram/@yasminbrunet / Alto Astral

Segundo a especialista em cabelos e docente da Academia Brasileira de Tricologia Viviane Coutinho, os fios precisam ser lavados com uma boa frequência. Ou seja, o hábito de passar muito tempo sem fazer lavar pode trazer problemas para o couro cabeludo.

Vale lembrar que a própria Yasmin já mudou a sua rotina de cuidados com o cabelo e lava mais os fios atualmente. A modelo explicou isso no ano passado, afirmando inclusive que usa sua própria linha de produtos para o cabelo.

Para tirar a dúvida da quantidade ideal de lavagens de cabelo por semana e entender melhor os riscos de sair muito disso, veja a seguir as orientações de Viviane:

Frequência correta de lavagem

A recomendação geral costuma ser entre duas e três lavagens pode semana. Todavia, a especialista explica que a frequência exata vai depender de algumas características dos seus fios. De acordo com ela, o mais indicado é o seguinte:

Pessoas que podem lavar todos os dias

  • Pessoas que moram em locais mais úmidos e quentes
  • Aquelas que praticam atividade físicas diárias
  • Indivíduos que usam muitos produtos para pentear
  • Quem usa muito boné ou acessórios que abafam o cabelo

Pessoas que podem lavar com menos frequência

  • Aquelas com o couro cabeludo mais seco
  • Idosos que não façam muito esforço diário
  • Pessoas que moram em locais mais secos

Riscos de lavar demais ou de menos

Como já mencionado, "pular" muitos dias sem lavar o cabelo, não é adequado.  "Não podemos esquecer que couro cabeludo é pele e tem contato com sujidade, oleosidade e proliferação fúngica", diz Viviane. Por conta disso, esse hábito facilita o surgimento de desequilíbrio da microbiota e disfunções no couro cabeludo.

Aliás, a profissional recomenda que quem já tem o couro cabeludo mais seco lave os fios todos os dias ou, no máximo, de dois em dois dias. Fazer a limpeza todos os dias, por sua vez, também pode ser prejudicial se não forem utilizados os produtos corretos, podendo até causar a queda do cabelo.

Dessa maneira, o grande segredo é usar produtos que não desequilibrem a pele. Ela também pede que as pessoas evitem passar as mãos no cabelo, além de tomar cuidado com os cremes de pentear, que não devem entrar em contato direto com o couro cabeludo. Assim, não vai haver problema na lavagem diária.

"Não tem problema algum lavar todos os dias. Basta equilibrar os produtos e evitar os que possam ressecar a pele. Hoje existem no mercado xampus com ativos calmantes e hidratantes, que podemos intercalar o uso para não desequilibrar e trazer malefícios", finaliza.

Alto Astral
Compartilhar
Publicidade
Publicidade