0

São Paulo

Museu da Língua Portuguesa é visita obrigatória em São Paulo

  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>O Museu da Língua Portuguesa funciona dentro da Estação da Luz, tradicional marco da capital paulista</p>
O Museu da Língua Portuguesa funciona dentro da Estação da Luz, tradicional marco da capital paulista
Foto: tortipede/ Creative Commons

Inaugurado em 2006, o Museu da Língua Portuguesa se tornou uma parada obrigatória no agitado circuito cultural de São Paulo por trazer uma proposta inovadora: o espaço usa tecnologia de ponta e diversos recursos multimídia para preservar, valorizar e divulgar o sétimo idioma mais falado no mundo. A ideia cativou tanto paulistanos quanto turistas e o museu, que já recebeu quase 3 milhões de pessoas, foi o segundo mais visitado na cidade em 2012.

A novidade em comparação a outros museus é que o da Língua Portuguesa é interativo. Como o objeto de estudo aqui é o idioma, não há quadros que pedem uma observação passiva, mas sim vídeos, animações e gravações que podem ser acessados pelo público a qualquer momento. Para chegar ao espaço onde fica a exposição permanente, por exemplo, o visitante atravessa a Grande Galeria, que é composta por uma tela de 106 metros em que são exibidos 11 filmes, nos quais é possível perceber a diferença linguística do português nos vários lugares em que é falado. No Mapa dos Falares o visitante escolhe uma região do Brasil e escuta o depoimento de habitantes daquele local.

Já o primeiro pavimento é destinado a exposições temporárias. Desde a abertura do museu já foram homenageados grandes escritores como Jorge Amado, Oswald de Andrade, Cora Coralina e Guimarães Rosa. Além disso, o espaço sediou mostras sobre o Japão e sobre expressões incorretas de uso recorrente.

Para 2013, estão previstas mostras sobre literatos de várias épocas, como Cazuza, Vinícius de Moraes, Carlos Drummond de Andrade e Paulo Coelho. A entrada é gratuita aos sábados, e, até 2 de julho, também às terças-feiras.

Veja também:

Como fazer rabo de galo, o verdadeiro coquetel brasileiro
Fonte: PrimaPagina Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade