0

Caribe

Rica arquitetura histórica destaca Cartagena das Índias

16 jan 2013
07h12
atualizado às 07h12
  • separator
  • comentários
Riquezas arquitetônicas e históricas fazem de Cartagena das Índias um destino fascinante e educativo
Riquezas arquitetônicas e históricas fazem de Cartagena das Índias um destino fascinante e educativo
Foto: Shutterstock

 

Com porto no mar caribenho, a cidade colombiana de Cartagena das Índias possui uma fascinante variedade arquitetônica, repleta de estruturas militares que cercam casas de estilo colonial muito bem preservadas, responsáveis por dar ao destino a fama de cidade histórica, conquistada com louvor.
 
Fundada em 1533, Cartagena foi fortemente murada para bloquear os ataques de piratas, corsários e exércitos dos séculos XVII e XVIII. Isso explica a existência das fortalezas militares que tanto atraem fotógrafos e turistas. Umas das mais famosas é o El Castillo de San Felipe de Barajas, construída por espanhóis do período colonial, na colina de San Lázaro em 1536, com ampliação em 1657. A fortaleza é estrategicamente banhada pelas águas do Caribe, de onde vinham os inimigos que tentavam invadir a cidade. 
 
Entre os fortes Santa Clara e Santa Catalina, encontra-se a edificação conhecida como Las Bovedas, com 23 cofres construídos entre 1792 e 1796. Usados como depósitos para munições e, depois, como prisões na época republicana, hoje abrigam uma série de lojas que comercializam artesanato. 
 
As igrejas locais também são patrimônios arquitetônicos bastante visitados pelos turistas. A Catedral de San Pedro Claver, por exemplo, foi construída no início do século XVIII e se destaca pelas belas esculturas e pinturas em seu interior, assim como  pela urna de cristal que guarda os restos mortais do santo que dá nome à igreja. As visitas são pagas e realizadas com o acompanhamento de um guia. 
 
O Templo de Santo Domingo também é uma das atrações da cidade. Apesar de discreta, a construção impressiona por ter sido erguida há mais de quatro séculos com cal, pedra e areia do mar. Para melhor aproveitar o passeio, é recomendável a contratação de um guia para uma visita de 25 minutos, repletos de curiosidades sobre o marco arquitetônico. 
 
Para fazer ainda mais jus à fama de cidade histórica, Cartagena conta com museus repletos de itens de valores significativos. Um exemplo é o Museu de las Fortificaciones, inaugurado em 1994. Ele reúne peças importantíssimas para a cultura local, como, por exemplo, artefatos usados por militares nos fortes da cidade.  
 
Também há na região o Museo del Oro, que tem rico acervo referente à cultura Zenú - antiga tribo colombiana que existiu de 200 A.C. a 1600 D.C. A área foi totalmente ampliada, ganhando quartos, torres e escritórios novos em 2008. Fragmentos arquitetônicos, representações da lenda de El Dorado (mito popular da tribo Muísca) e riquezas arqueológicas estão na lista de exposições fixas locais. Além disso, no lugar há restaurante, café e loja de souvenires. 
 
Isla Mucura
A duas horas do centro de Cartagena das Índias, numa ilha chamada Isla Mucura, há atrações para quem gosta de exclusividade e contato com a natureza. Declarada parque nacional, a ilha abriga animais nativos, exuberante vegetação e um hotel bastante privativo, chamado Punta Faro. A hospedagem em cabanas rústicas na beira da praia é ideal para relaxar ou praticar esportes, tais como futebol de praia, snorkel, windsurfe e caiaque.  
Fonte: Agência Hélice Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade