PUBLICIDADE

Hotéis têm cerca de 70% de reservas para Copa das Confederações

29 mai 2013 18h16
| atualizado às 18h20
ver comentários
Publicidade
<p>Brasília receberá o jogo de abertura da Copa das Confederações</p>
Brasília receberá o jogo de abertura da Copa das Confederações
Foto: Getty Images

A pouco mais de duas semanas do início da Copa das Confederações, marcado para o dia 15 de junho, cerca de 70% da capacidade dos hotéis nas cidades brasileiras onde acontecerão os jogos têm reservas confirmadas. Os municípios de Salvador, Rio de Janeiro, Fortaleza, Brasília, Belo Horizonte e Recife receberão equipes de futebol participantes do campeonato e a empresa Mediservice está fazendo as reservas oficiais de leitos em hotéis e repassa informações para a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis.

A primeira partida ocorrerá em Brasília no sábado, às 16h.  Segundo o vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Distrito Federal (Abih-DF), Helder Carneiro, como a cidade conta apenas com o jogo de abertura, “está tranquila”. Até o momento, 70% da capacidade hoteleira já receberam reservas. “Para quem trabalha com 40% aos finais de semana, ir para 65% ou 70% é bom”, comentou. Atualmente, Brasília tem capacidade para receber 25 mil hóspedes simultâneos, mas, segundo ele, o número deve subir para 33.800 até 2014.

<p>No dia 22 de junho, Salvador pode ter um pico de turistas por causa do jogo entre Brasil e México </p>
No dia 22 de junho, Salvador pode ter um pico de turistas por causa do jogo entre Brasil e México
Foto: Getty Images

O vice-presidente informou, porém, informou que a expectativa de recebimento de turistas pode sofrer alterações, pois as reservas ainda serão confirmadas na próxima semana. Itália e Brasil se enfrentam em Salvador no dia 22 de junho, sábado, e a expectativa é que a disputa ocupe 70% das 54 mil vagas nos hotéis, de acordo com a Abih-BA. A maioria das reservas está em nome de brasileiros, segundo a associação.

Em Fortaleza, de acordo com o presidente da Abih-CE Regis Medeiros, os brasileiros compõem a maioria dos turistas que visitarão a capital cearense por conta da Copa das Confederações. “O fluxo internacional é muito pequeno, não chega nem perto da Copa do Mundo”, afirmou. A expectativa é uma lotação de 70% dos 26.370 leitos da capital e um pico acima dos 95% no dia 19, quando jogam Brasil e México.

<p>Recife tem três jogos agendados, mas nenhum com a participação do Brasil</p>
Recife tem três jogos agendados, mas nenhum com a participação do Brasil
Foto: Getty Images

A região metropolitana do Recife tem 41 mil leitos e têm hotéis com 50% e outros com 85% de reservas, segundo o diretor-executivo da Abih-PE, Carlos Maurício Periquito. “O número de turistas vai subir, mas pouco, pois está em cima da hora. A expectativa é que aumente em 5% ou 10% a ocupação hoteleira”, estimou.

A Abih-RJ acredita nos turistas de última hora. Uma pesquisa feita pela associação mostrou que apenas 56% de reservas estavam confirmadas no período da competição. A maior demanda está concentrada para a final, que será no Maracanã. Segundo o presidente da Abih-RJ, Alfredo Lopes, a expectativa é chegar aos 70% de ocupação nos hotéis por conta do evento. A associação irá liberar a divulgação de novos números na próxima semana. A rede hoteleira do Rio de Janeiro conta com 126 mil leitos.

Com 48 mil leitos disponíveis para turistas em Belo Horizonte, a Abih-MG estima a ocupação de 70,47% do total. Porém, a associação informou que ainda existe número alto de bloqueios sem confirmação. A Abih-MG informou que houve aumento da procura de estrangeiros por hotel para o período, mas "nada fora do comum". 

<p>A final da Copa das Confederações acontecerá no Rio de Janeiro</p>
A final da Copa das Confederações acontecerá no Rio de Janeiro
Foto: Getty Images

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade