PUBLICIDADE

5 atrativos imperdíveis em Bonito, no Mato Grosso do Sul

Prepare-se para mergulhos com alta visibilidade (saiba você nadar ou não) e rios de águas cristalinas

28 fev 2024 - 07h55
(atualizado em 29/2/2024 às 15h05)
Compartilhar
Exibir comentários

É grande a probabilidade de voltar de Bonito, no Mato Grosso do Sul, com a sensação de ter faltado tempo para visitar tudo. E vai faltar.

A 265 quilômetros de Campo Grande, as cidades de Bonito e Jardim repousam sobre um mundo subterrâneo de águas que se infiltram por fraturas de rochas e retornam à superfície em forma de nascentes e rios perenes.

Em outras palavras, prepare-se para mergulhos com alta visibilidade (saiba você nadar ou não), rios de águas cristalinas que serpenteiam áreas protegidas e até uma lagoa que ninguém sabe onde vai dar.

Para você não se perder nas mais de 40 atrações oficiais do destino, o Viagem em Pauta listou cinco experiências que você não pode deixar de provar nesse destino de ecoturismo e na vizinha Jardim, a 70 quilômetros dali.

Foto: Márcio Cabral/Divulgação / Viagem em Pauta

Atrativos imperdíveis em Bonito

5 atrativos imperdíveis em Bonito (MS)
5 atrativos imperdíveis em Bonito (MS)
Foto: Viagem em Pauta

GRUTAS

Localizada na área do Grupo Corumbá, formação de 550 a 600 milhões de anos que já foi o fundo do mar, a região de Bonito tem grutas secas que podem ser visitadas sem muito esforço.

A do Lago Azul (a partir de R$ 110 por pessoa) é a mais popular de todas, cujo acesso é por uma trilha de 300 metros até uma boca natural com 40 metros de diâmetro.

Mas o visual mais esperado (daqueles que fazem grupos de turistas se dispersarem, durante a descida íngreme por um desnível de 60 metros), é o impressionante lago que dá nome à atração, uma formação natural com 90 metros de profundidade e que abriga fósseis milenares de mamíferos como a preguiça-gigante e o tigre-dente-de-sabre.

A vizinha Gruta de São Miguel (a partir de R$ 82 / @grutasdesaomiguel), a quatro quilômetros dali, pode ser visitada em tours de 1h10.

Foto: Flávio André/MTUR / Viagem em Pauta

FLUTUAÇÃO

Com alta concentração de calcário que serve como filtro natural, os rios de Bonito são conhecidos por suas águas transparentes, perfeitas para flutuações, atividade em que o visitante segue a correnteza do rio, equipado com colete, máscara e snorkel.

O mais famoso é o da Nascente Sucuri (a partir de R$ 282 / @riosucuri), uma fazenda com mais de oito mil hectares, onde é possível flutuar por 1.800 metros do rio Sucuri, considerado o "mais cristalino do Brasil".

Outra opção é a Nascente Azul (a partir de R$ 290 / @nascenteazul), programa que também inclui trilha, visita à uma nascente e flutuação no Rio Nascente Azul.

Nascente Azul, em Bonito
Nascente Azul, em Bonito
Foto: Flávio André/MTUR / Viagem em Pauta

CICLISMO

Desde que foi lançado, há cerca de dez anos, o Projeto Lobo Guará (a partir de R$ 115 / @loboguarabikeadventure) já plantou mais de seis mil árvores com a ajuda de turistas-ciclistas.

Nesse roteiro de 17,5 quilômetros (14 sobre asfalto e outros três, margeando o rio Formoso), o turista faz paradas para banhos em rios, cruza área de mata ciliar, onde o tour assume status de off road, e, no final, planta uma árvore, em uma área de reflorestamento.

ABISMO ANHUMAS

A 23 quilômetros do centro do centro de Bonito, essa caverna alagada com entrada vertical tem acesso obrigatório por um rapel negativo (quando não se colocam os pés em nenhum local de apoio) de 69 metros de altura, o equivalente a um edifício de 26 andares.

A ideia parece aterrorizante, mas o atrativo conta com um sistema elétrico que, em poucos minutos, transporta visitantes a partir de cinco anos e com total segurança até o lago interior do abismo.

O Abismo Anhumas (a partir de R$ 1.120 / @abismoanhumas) é considerado uma das maiores cavernas submersas do Brasil e oferece atividades como passeio de bote, flutuação e mergulho com cilindro.

Foto: Divulgação / Viagem em Pauta

LAGOA MISTERIOSA

O município de Jardim abriga um dos pontos mais impactantes não só para flutuação, mas também para mergulho com cilindro.

A Lagoa Misteriosa (a partir de R$ 232 / @lagoamisteriosa) é "a sétima caverna mais profunda" do Brasil, segundo a SBE (Sociedade Brasileira de Espeleologia), acessada por uma dolina de 75 metros de profundidade, onde se encontra uma escadaria com 179 degraus.

Com profundidade ainda desconhecida (até onde se conseguiu chegar, são 220 metros), essa lagoa de imensidão abismal abriga imensos paredões verticais e áreas, naturalmente, bem iluminadas.

Viagem em Pauta
Compartilhar
Publicidade
Publicidade