PUBLICIDADE

Skintimates: conheça o skincare da região íntima

O cuidado com a área, assim como o sexual care, são movimentos que surgem para unir beleza ao bem-estar

27 dez 2021 10h00
ver comentários
Publicidade
Nessa nova onda do autocuidado, a região íntima ganha um novo olhar
Nessa nova onda do autocuidado, a região íntima ganha um novo olhar
Foto: Shutterstock / Alto Astral

Skincare, haircare, body care... Com tantos cuidados em alta, por que não dedicar um deles à região íntima? Dessa necessidade, portanto, surgiu o skintimates. Inteiramente ligado ao sexual care, a ideia desse novo movimento é propor um olhar mais atento à área, além de fundir beleza e bem-estar na intenção de promover sensações e cuidados à mulher, sem tabus. 

"O ritual do autocuidado se estendeu para outras partes do corpo, inclusive para a região íntima, levando o mercado a produzir produtos específicos para isso. O interessante é que, nesse caso, o fato de as pessoas investirem em uma rotina de cuidados específica fez com que diversas mulheres descobrissem sua sexualidade", explica a ginecologista Marcella Maia, especialista em estética da Clínica Horaios.

Com isso, vale destacar que não é apenas sobre cuidar da pele, mas também das suas vontades, e descobrir-se de uma nova forma, conhecendo seu corpo mais intimamente e olhando para ele com autocuidado e gentileza. Ou seja, o skintimates é, definitivamente, uma tendência que transcende os limites da beleza, focando também no bem-estar. 

A aposta do mercado

Se a demanda aumenta, o mercado investe em oferta e dessa vez não foi diferente! Inclusive, o segmento de artigos íntimos e sexuais já vinha se destacando há um bom tempo, viu? E isso cresceu ainda mais na pandemia, estimulado pelo autoconhecimento.

Diante dessa nova tendência, então, as marcas começaram a oferecer produtos específicos para a região, como sabonetes, hidratantes, óleos, esfoliantes e até máscaras (!!!). Além disso, os tratamentos dessa categoria também começaram a inovar, como o laser que auxilia no clareamento da área.

Marcella chama a atenção para um ponto importante: o impacto desses produtos na saúde. Segundo ela, eles vão desde a higiene íntima até cuidados com a pele da região, mas a maioria utiliza matéria-prima natural, ou seja, que não modifica pH da região genital. Melhor assim, né?! Por isso é importante ficar de olho nas fórmulas! 

Sentir-se bem é a tendência

Quando associamos o skintimates ao bem-estar, uma coisa deve ficar bem clara: a rotina precisa trazer conforto e reverberar positivamente em fatores como autoestima, autoconfiança e autocuidado. Sendo assim, não há regras para colocar em prática essa rotina: aposte naquilo que te faz bem! E se você ainda não se sente tão confortável em explorar — e cuidar — da região, a dica é começar aos poucos e ir conquistando as boas sensações que essa moda promete trazer. Lembre-se que não se trata de padrão estético, mas, sim, de empoderamento, liberdade e bem-estar! 

Fonte: Marcella Maia, ginecologista especialista em estética da Clínica Horaios, em São Paulo (SP). 

Alto Astral
Publicidade
Publicidade