PUBLICIDADE

Ultrassom errou o sexo do bebê: é normal o exame dar erro?

Seguidora diz que imagem apontou que o feto era menina, mas depois veio outro resultado

10 jun 2024 - 18h03
(atualizado às 19h12)
Compartilhar
Exibir comentários
Ao fazer ultrassom, ela ouviu da médica que o feto era menina
Ao fazer ultrassom, ela ouviu da médica que o feto era menina
Foto: iStock / Jairo Bouer

Doutor, estou grávida, fiz ultrassom e a médica me disse que era uma menina. Fiz chá de revelação e publiquei no Instagram. Daí, desconfiada, um dia depois fiz outro exame e deu para ver o pipi do bebê; é menino. Pode dar erro assim?

Olha, pode dar erro, sim. Esse exame é recomendado a partir da 12ª ou 13ª semana de gestação e, eventualmente, ele pode errar. Em cerca de 15 a 20% das vezes ele pode trazer um resultado que não condiz com a realidade. E isso acontece exatamente da forma que você contou: é mais comum achar que é menina e, na verdade, é um menino.

Ainda bem que você fez outro exame e que deu tudo certo, agora você resolveu a sua desconfiança. Existe também o exame de sexagem fetal que é feito através da pesquisa das células do feto no sangue da mãe. Nesse caso você tem uma chance de um diagnóstico mais preciso, que esbarra em 98 ou 99%.

Mas superado o susto inicial, tenha um bom resto de gravidez e parabéns pelo seu filho!

Jairo Bouer
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade