PUBLICIDADE

Tem que fazer abdominal todo dia? O segredo da barriga tanquinho

Treinador explica o que é necessário para secar o abdômen e deixar a musculatura da barriga visível, como se fosse um tanquinho

29 jul 2022 - 16h06
Ver comentários
Como ter a barriga tanquinho
Como ter a barriga tanquinho
Foto: Shutterstock / Saúde em Dia

Conquistar uma "barriga tanquinho", ou seja, aquele abdômen definido, com todos os "gominhos" da musculatura aparecendo, é o desejo de muitas pessoas. Mas, chegar nesse nível de condicionamento físico não é uma tarefa fácil para todos. Por isso, não é difícil encontrar inúmeras fórmulas mágicas e estratégias mirabolantes para atingir esse objetivo.

Uma delas é a ideia de que é necessário fazer abdominal todos os dias. Também existe quem acredita que é necessário fazer 50, 100, 150 abdominais por série para conseguir a sonhada barriga de tanquinho. Mas, a grande verdade é que, para deixar os gominhos aparentes, o primeiro passo é eliminar a gordura da região. E, para isso, a melhor estratégia é o déficit calórico. Ou seja, fazer dieta.

"Quando falamos sobre definição de abdômen, sempre digo aos meus alunos que precisamos de duas coisas acontecendo ao mesmo tempo. Ter o que mostrar, ou seja: hipertrofia! E não ter nada para esconder, ou seja: não ter gordura na frente", explica o treinador e assessor esportivo, Leandro Twin.

Para ter o que mostrar, conforme explicou o especialista, é necessário hipertrofiar a musculatura. Mas, isso não significa realizar abdominal todo dia, ou ter que fazer dezenas e centenas de repetições por série. Afinal, você não faz isso com nenhum outro músculo. E não vai ser com o abdômen que vai funcionar.

Treino de abdômen para ficar com a barriga tanquinho

O treino ideal para conquistar a "barriga tanquinho", de acordo com Twin, é o seguinte:

  • Frequência: duas vezes por semana (com espaçamento de dois ou três dias e mais ou menos oito a 12 séries totais em cada dia de treino);
  • Exercícios: 3 séries para cada parte do abdômen - supra, infra e oblíquo (sim, podemos treinar oblíquos, pois eles não vão engrossar nossa cintura em nível significativo);
  • Repetições: 10 a 15 repetições em cada série, com intervalo ideal de 30 a 60 segundos. Se for muito fácil realizar esse número de movimentos, acrescente carga ao exercício.

"Não devemos fazer muito mais do que isso, senão, sai do ideal para hipertrofia e entra em resistência muscular localizada, o que não é o objetivo do exercício. Para conseguir intensidade basta adicionar uma carga nos exercícios", completa o treinador.

Não esqueça da dieta

Por fim, vale lembrar que pouco adianta fazer abdominais todos os dias ou realizar um treino focado em hipertrofia se a dieta não for adaptada para o seu objetivo. Para ganhar massa muscular é necessário aumentar o consumo calórico e isso pode diminuir temporariamente a definição muscular, mas faz parte do processo.

"Quando ganhamos peso, ganhamos gordura e ganhamos massa muscular. Quando perdemos peso nós perdemos gordura e mantemos a massa muscular. Esse é um processo que pode demorar até anos, mas chega no resultado, mesmo que você não acredite", finaliza Twin.

Fonte: Sport Life.

Saúde em Dia
Publicidade
Publicidade