Melatonina ajuda a combater doenças periodontais

Ação pode ser resultado da propriedade antioxidante do hormônio

25 mai 2017
08h00
  • separator
  • comentários

Frequentemente indicada para auxiliar no sono e ajustar o relógio biológico, a melatonina também pode ser uma grande aliada na manutenção da saúde periodontal. De acordo com um estudo publicado no Journal of Periodontology, esse hormônio produzido pela glândula pineal é capaz de proteger a cavidade bucal dos radicais livres produzidos por doenças inflamatórias.

Foto: Terry Putman / Shutterstock.com


Os pesquisadores da Universidade de Granada, na Espanha, e da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, acompanharam 37 pacientes com diferentes graus de doença periodontal.

Todos foram submetidos a um exame médico e odontológico para que os especialistas coletassem dados sobre os níveis de melatonina salivar e plasmática, além do índice periodontal da comunidade (CPI) – um sistema de pontuação usado para avaliar o estado periodontal  de cada indivíduo.

Os resultados apresentados mostraram que os pacientes com taxas mais altas de melatonina salivar apresentaram um índice periodontal comunitário mais baixo.

A descoberta sugere que a melatonina possa atuar no combate à infecção, muito provavelmente por conta de sua propriedade antioxidante, que protege as células dos processos inflamatórios e dos danos causados por oxidação, causando um efeito antienvelhecimento e de aumento da imunidade.

Os pesquisadores também observaram que os participantes idosos apresentaram volumes salivares e taxas de melatonina menores e suas pontuações CPI eram maiores do que a dos pacientes mais jovens.

Apesar da descoberta, o presidente da American Academy of Periodontology, Dr. Kenneth A. Krebs, diz que ainda são necessários outros estudos e análises para explicar melhor a relação entre a melatonina e a doença periodontal

FF

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade