Dor de dente na quarentena? Saiba o que fazer

Saiba se a sua dor de dente exige sair de casa ou se é possível cuidar do mal de forma caseira

29 jun 2020
19h26
atualizado em 21/7/2020 às 17h58
  • separator
Dor de dente na quarentena? Saiba o que fazer
Dor de dente na quarentena? Saiba o que fazer
Foto: Unplash

Dor de dente é bem inconveniente, independentemente do período em que ela se manifesta. Mas, vamos combinar, apresentar o problema durante a quarentena do novo Coronavírus é pior ainda. É necessário sair de casa e se arriscar ou é possível cuidar do mal de forma caseira?

Veja, abaixo, quatro formas de lidar com a dor de dente nesse período:

1- Como identificar um caso de urgência
Dores de dente aguda, fratura dentária com trauma no tecido bucal, tratamento odontológico prévio ou casos que estejam causando muito incômodo necessitam de uma atenção especial.

2- Batida de leve e água quente para entender o nível de dor
Ainda está na dúvida se deve procurar o consultório? De acordo com o dentista Paulo Zahr, da Odontocompany, o sinal de alerta deve ser ligado se a região doer em contato com água quente. Outra dica para saber se é preciso sair de casa por motivo de força maior é bater de leve no dente, de cima para baixo. “Se a dor vier instantemente à batida, é algum problema que também requer atenção e demanda cuidado odontológico”, completa o profissional.

3- Entenda a diferença entre sensibilidade e urgência odontológica
Diferente do que muitos pensam, aquele desconforto que sentimos ao comer algo quente ou gelado não costuma ser nada sério. “Neste caso, é uma sensibilidade dos dentes. Mas vale a pena ficar atento e, se o incômodo não amenizar, é preciso consultar um profissional, que pode avaliar se não é o caso de um tratamento, já que pode ter ocorrido também a remoção de uma parte do esmalte dentário”, afirma Zahr.

4- Água oxigenada pode aliviar a dor
A água oxigenada, quando aplicada ao local da dor, provoca efervescência e causa um efeito anti-inflamatório, limpando a região e desinflamando. No entanto, se mesmo assim a dor persistir, procure um profissional de confiança para garantir a sua saúde bucal.

Fonte: FF Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.
publicidade