PUBLICIDADE

Sarcopenia: doença que reduz massa muscular também acomete jovens

Especialistas comentam sobre o assunto e explicam como prevenir a condição

22 jun 2022 08h24
ver comentários
Publicidade
Sarcopenia
Sarcopenia
Foto: Shutterstock / Sport Life

A sarcopenia é uma doença que provoca a diminuição de massa muscular e é mais comum em pessoas idosas, principalmente as que já passaram dos 80 anos. De acordo com a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia a estimativa é de que 46% dos indivíduos com essa idade possuem a condição.

Mas, ao contrário do que alguns imaginam, a sarcopenia não é uma exclusividade das pessoas mais velhas. Segundo o médico ortopedista, Dr. Vinícius de Brito Rodrigues, membro da Sociedade Brasileira do Quadril, a perda de massa muscular faz parte do processo natural de envelhecimento e pode começar a partir dos 30 anos de idade, com a diminuição de 1% a 2 % por ano.

''A sarcopenia pode atingir pessoas com idades diferentes, não sendo exclusiva da terceira idade. Por esse motivo, é importante sempre estar atento a possibilidade de o indivíduo apresentar sarcopenia que, se diagnosticada precocemente, pode ser tratada, evitando uma evolução para formas graves", completa a Dra. Kelem de Negreiros Cabral, médica geriatra do Hospital Sírio-Libanês e especialista em sarcopenia.

Fatores de risco para a sarcopenia

Segundo os médicos, a perda de massa muscular faz parte do processo de envelhecimento. No entanto, algumas condições e doenças pré-existentes podem acelerar esse fenômeno e provocar o desenvolvimento da sarcopenia. Confira, abaixo, os fatores de risco para a condição:

  • Diabetes;
  • Câncer;
  • Desnutrição;
  • Inflamações;
  • Alterações hormonais;
  • Medicamentos;
  • Infecções.

"Com a perda de massa magra e o enfraquecimento muscular da pelve, o paciente pode apresentar dor articular por alteração biomecânica e sofrer quedas associadas à fratura do quadril. Isso pode gerar um aumento da taxa de mortalidade desses indivíduos'', alerta o Dr. Rodrigues.

Exercício é prevenção

Infelizmente, não existe cura para a sarcopenia. No entanto, é possível prevenir, ou ao menos retardar, o desenvolvimento da doença. E é o estilo de vida saudável, com a prática de atividades físicas regulares e uma alimentação balanceada durante toda a vida, que pode evitar o aparecimento da condição.

''A prevenção se dá pela manutenção de prática de atividade física que leve ao fortalecimento muscular, como musculação ou pilates. Além disso, devemos ter atenção com a nossa qualidade nutricional'', diz o ortopedista.

Além da prevenção, também é importante ter atenção com episódios de fraqueza ou queda repentina da massa muscular. 'O primeiro passo é um diagnóstico médico adequado da sarcopenia e de quais são as possíveis origens para o problema. A partir daí é iniciado um plano de cuidado terapêutico individualizado", finaliza a Dra. Cabral.

Sport Life
Publicidade
Publicidade