PUBLICIDADE

Mulher surge com sangue menstrual no rosto: afinal, há riscos?

Apesar de a internauta afirmar que o uso faz bem para sua pele, o conteúdo gerou polêmica e comentários de profissionais da saúde alertando sobre os perigos

22 abr 2024 - 20h13
Compartilhar
Exibir comentários

Uma internauta criou polêmica após compartilhar no Instagram alguns registros onde aparece usando o sangue menstrual no rosto como uma máscara, alegando que esse é seu segredo para manter a pele jovem e bem cuidada.

Profissionais de saúde explicam os riscos de usar sangue menstrual na pele do rosto
Profissionais de saúde explicam os riscos de usar sangue menstrual na pele do rosto
Foto: Freepik/Divulgação / Boa Forma

Sarah Sol, de 32 anos, se autodenomina uma "educadora do ciclo menstrual e da cura do útero" e afirma que o sangue da menstruação é "puro e fresco".

"O sangue menstrual é rico em células-tronco. É bom para a qualidade da pele, ajuda a eliminar a acne e melhora a elasticidade da pele, o que ajuda no tratamento de rugas e manchas", ela afirma em um de seus posts na rede social.

https://www.instagram.com/p/C5iwvL6R_3w/?hl=pt

Seguindo seu pensamento, ela costuma publicar vídeos aplicando o fluído corporal na face - o que, é claro, rende bastante assunto entre os internautas que assistem ao conteúdo. Enquanto algumas pessoas chamam a técnica da mulher de "nojenta" e duvidosa quanto ao benefícios citados por ela, especialistas da saúde alertam para os possíveis riscos que essa atitude pode oferecer à saúde.

Usar sangue menstrual no rosto: afinal, faz bem ou mal?

Deborah Lee, especialista em saúde sexual e reprodutiva no Reino Unido, disse à Cosmopolitan EUA que, embora o sangue menstrual contenha "tudo o que seu corpo precisa para se manter vivo", como células-tronco, vitaminas, minerais e hormônios, este é um sangue "velho". Isso significa que, no momento em que você menstrua, todas as células benéficas estão mortas e efetivamente inúteis.

"Não existem evidências científicas que mostrem que o uso de sangue - seja menstrual ou não - tem algum benefício cosmético", ressalta o dermatologista Gary Goldenberg para a revista Shape norte-americana. "Na verdade, células vermelhas são inflamatórias e podem deixar a pele pior", ainda alerta o profissional.

Além disso, existem outros riscos, como infecção e alergias. Segundo o médico, o sangue menstrual pode ser facilmente contaminado com micróbios, como bactérias ou fungos, que podem se proliferar pela pele.

"Se você tem infecções sexualmente transmissíveis, também pode espalhar essa condição pela sua pele, usando sangue contaminado", ele alerta.

Portanto, a conclusão é óbvia: apesar de essa técnica continuar dando o que falar nas redes sociais, usar sangue menstrual no rosto não é recomendado pelos médicos.

Boa Forma
Compartilhar
Publicidade
Publicidade