PUBLICIDADE

Modelo com anorexia vence doença e inicia carreira plus size

Tamanho 36, Danielle Braverman desenvolveu distúrbios alimentares ao ser considerada "grande demais" para modelar

25 nov 2015 17h35
ver comentários
Publicidade
Danielle modelando antes e depois de vencer a anorexia
Danielle modelando antes e depois de vencer a anorexia
Foto: Danielle Braverman/ Facebook/ Reprodução

A modelo Danielle Braverman usava tamanho 36 quando ouviu de diversas agências que era "grande demais" para a profissão. A pressão para emagrecer era tanta que a americana desenvolveu diversos distúrbios alimentares e teve anorexia para atingir o "corpo ideal". Anos depois, ela assumiu suas curvas e tem feito sucesso como modelo plus size. As informações são do Daily Mail.

Siga Terra Estilo no Twitter

Danielle teve seus primeiros trabalhos como modelo quando estava na faculdade. "Eu era muito magra e tive sucesso por alguns anos, mas como, naturalmente, eu não era daquele tamanho, eu estava constantemente lutando contra as minhas curvas", contou à publicação. 

Por conta da pressão em emagrecer para poder continuar a carreira, Danielle teve anorexia. "Eu estava tomando comprimidos de dieta, e prestava atenção em todas as calorias. Eu olhava para uma maçã e achava que era muito calórico", desabafou. "Eu me sentia culpada por comer, estava me exercitando em excesso e virou uma obsessão", contou. 

Foto: @daniellebrave/ Instagram/ Reprodução

Danielle desistiu da carreira, casou e se livrou dos pensamentos não saudáveis. Mãe de duas crianças, ela afirma que foi o nascimento da primeira filha que a fez repensar o problema. "Eu tive uma epifania depois que minha filha nasceu. Eu não queria que ela pasasse pela mesma situação que passei, só queria que ela se aceitasse", afirmou. "Comecei a me alimentar direito e a ser ativa", contou.

Agora, vestindo tamanho 46, Danielle afirma que essa é sua "forma verdadeira". "Levou muito tempo para eu parar de pegar no meu pé, mas eu cheguei num ponto de autoaceitação e passei a me sentir feliz em ser eu mesma", declarou. 

Foto: @hughesmodels/ Instagram/ Reprodução

Foi nesse momento que ela decidiu seguir a carreira de modelo plus size. "A modelo que existia em mim nunca foi embora. Eu nunca estive tão feliz", afirmou sobre a nova fase.

O novo passo para Danielle é promover a auto-aceitação. "Nós precisamos de diversidade de corpos no mundo da moda para refletir. Eu adoraria me tornar uma voz para continuar a empoderar", afirmou a modelo que criou a campanha #embraceyourshape (abrace a sua forma, em tradução livre), para promover a aceitação do corpo. 

 

 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade