PUBLICIDADE

Jenny Miranda fala sobre parada respiratória; entenda por que houve suspeita de envenenamento

Influenciadora passou mal e ficou inconsciente no final de semana; marido chegou a suspeitar de envenenamento e contratou segurança; entenda

14 nov 2023 - 09h53
(atualizado às 10h03)
Compartilhar
Exibir comentários
Jenny Miranda
Jenny Miranda
Foto: Instagram/ @jennybritomiranda/ Divulgação / Estadão

Ex-A Fazenda, Jenny Miranda passou mal em uma viagem para o Guarujá (SP) e foi levada às pressas para um hospital local no último sábado, 11. Ela estava com o marido, Fábio Gontijo, quando ficou inconsciente após uma crise de vômitos.

Jenny teve alta no mesmo dia e, na segunda-feira, 13, deu notícias em seu Instagram. "Eu estou bem, com a garganta um pouquinho ruim", falou. Ela afirma que passou mal por conta de haters que estão a perseguindo e, agora, anda com um segurança.

Jenny Miranda
Jenny Miranda
Foto: Instagram/ @jennybritomiranda/ Divulgação / Estadão

"Estou um pouquinho roxa por conta dos medicamentos. Tive que tomar muitos medicamentos por conta de tudo o que aconteceu. Estou com a garganta machucada por conta da intubação, estou com o tórax e a barriga bem inchada", contou.

O que aconteceu com Jenny Miranda?

Fábio também detalhou o ocorrido em seu perfil no Instagram. "Nós chegamos aqui no Guarujá, a Jenny fez uma festa surpresa para mim", declarou. "À tarde, a gente foi para a praia e encontrou um grupo de haters e essa menina começou a agredir a Jenny. Eu entrei no meio e me machuquei um pouco também. Elas fizeram algumas ameaças".

Segundo Fábio, eles voltaram para o hotel e Jenny havia bebido pouco, "ao contrário do que estão dizendo por aí, que foi por álcool. Não foi". Ele também negou os boatos de que eles teriam brigado.

Jenny Miranda e Fábio Gontijo
Jenny Miranda e Fábio Gontijo
Foto: Reprodução/Instagram/@drfabio.gontijo / Estadão

Segundo Fábio, Jenny foi piorando progressivamente. "Ela começou a vomitar e foi rapidamente perdendo um pouco da consciência e um pouco da capacidade de respirar. Nisso, peguei o telefone, chamei a ambulância e foi aquele desespero".

Antes da ambulância chegar, ele mesmo, que é médico, socorreu a mulher. "Fiquei 90 minutos fazendo ressuscitação respiratória nela. Acredito que se eu não fosse médico, ela teria morrido", desabafou.

Em entrevista à Quem, ele relatou uma suspeita de que Jenny havia sido vítima de envenenamento. "Suspeito que ela tenha sido envenenada, já que na ambulância ela apresentava sialorreia, que a produção excessiva de saliva", disse.

Agora, ele contou que essa já não é a hipótese principal para o mal-estar de Jenny. "A hipótese ficou mesmo de intoxicação por camarão, porque ela melhorou com a adrenalina".

Ainda assim, Jenny e Fábio contrataram um segurança e também acionaram os advogados.

Onda de calor: veja dicas para dormir com conforto em dias de temperatura alta Onda de calor: veja dicas para dormir com conforto em dias de temperatura alta

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade