PUBLICIDADE

Dormir com os bichos de estimação faz bem, diz estudo

Segundo pesquisadores, noite ao lado dos pets pode trazer sensação de segurança

10 dez 2015
0comentários
Publicidade

Uma boa notícia para os donos que adoram dormir com os pets: passar a noite com o bicho de estimação faz bem, segundo uma nova pesquisa publicada pelo Centro de Sono da Mayo Clinic, em Scottsdale, Arizona. As informações são do Daily Mail.

Siga Terra Estilo no Twitter

Estudiosos avaliaram 150 pacientes e descobriram que quem dormia com o gato ou com o cachorro se sentia mais seguro, diferentemente do que decretara uma pesquisa anterior, a qual alertava que dormir com os pets danificava a qualidade do sono.

De acordo com o novo relatório, 56% dos participantes dividiam a cama com o bicho de estimação e apenas 20% reportou ser acordado pelo pet no meio da noite. Outros 41% afirmaram que se sentiam melhor ao dormir com o animal.

Animais de estimação podem trazer sensação de segurança na hora de dormir
Animais de estimação podem trazer sensação de segurança na hora de dormir
Foto: Getty Images

A razão é que deixar o cão ou o gato na cama relaxa e dá a sensação de segurança. “Uma senhora solteira de 64 anos comentou que se sentiu melhor ao dormir com o cachorro, que se aconchegou perto de seus pés. Outra mulher, casada, descreveu seus dois cães como ‘aquecedores de cama’, e disse se sentir mais calma quando o gato dormia em seu peito”.

“Muitos donos veem os animais como membros da família e por isso querem incorporá-los em vários aspectos do cotidiano”, observaram os estudiosos.

Em 2013, entre as pessoas que frequentavam a clínica e tinham bichos de estimação, 10% haviam culpado, parcialmente, seus animais pelas noites mal dormidas. Um bom aumento se comparado ao 1% de 2002 (resultado obtido em uma conferência).

O psiquiatra e autor do estudo, Lois Krahn, afirma que “apesar da maioria dos pacientes não achar que seus bichos atrapalham o sono, uma grande porcentagem já experimentou a sensação de irritação”.

Ele explica que isso pode estar relacionado com o maior número de famílias que possuem vários bichos. “Quando as pessoas têm esse tipo de problema, os médicos precisam conversar sobre os bichos de estimação e ajudar a otimizar o sono dos pacientes”, aconselha.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade