PUBLICIDADE

Cristiano Ronaldo: médica diz que procedimento com botox no pênis é improvável

Jornal espanhol noticiou que o jogador aplica botox no pênis para aumentar o órgão sexual. Médica comenta e alerta sobre os riscos

5 jul 2022 - 11h00
Ver comentários
Publicidade
Cristiano Ronaldo: médico explica porque é improvável procedimento com botox no pênis
Cristiano Ronaldo: médico explica porque é improvável procedimento com botox no pênis
Foto: Reprodução Instagram / @cristiano / Saúde em Dia

De acordo com o jornal espanhol La Razón, o jogador de futebol, Cristiano Ronaldo, 37, aplica botox no pênis com o objetivo de aumentar o órgão. A publicação viralizou logo que foi publicada, repercutindo em diversos veículos europeus. Contudo, o craque português não se pronunciou até o momento sobre o assunto.

Para a médica Dra. Barbara Carneiro, especialista em dermatologia e medicina estética, essa notícia não faz sentido algum, uma vez que a toxina botulínica serve para relaxar o músculo e não ao contrário. "O uso do botox no pênis ocasionaria um prejuízo inclusive na ereção. Existem casos de aplicação na bolsa escrotal, mas no pênis não. Só se ele quisesse deixar o pênis relaxado, o que não parece o caso", justifica.

Aplicado na bolsa escrotal, o botox deixaria a pele mais lisa, dando a impressão de uma bolsa escrotal maior. De qualquer maneira, é preciso ter bastante cuidado com qualquer procedimento que promete aumentar o órgão sexual, como alerta a especialista.

É possível aumentar o tamanho do pênis?

De acordo com a Dra. Barbara, uma possibilidade segura para aumentar o pênis seria a cirurgia de prótese peniana. "Qualquer outra técnica mirabolante ou de correntes nas redes sociais e aplicativos de mensagens ( muito comuns hoje em dia) não é indicada por médicos", adverte.

Ela destaca que, na grande maioria das vezes, esses procedimentos não têm embasamento científico, e nem causam o aumento do pênis. A médica também ressalta que não existe exercício que aumente o tamanho do órgão. "Existe a discussão de aumento peniano através do preenchimento com ácido hialurônico, porém são muitos os riscos associados ao procedimento, e poucos estudos", acrescenta.

A especialista enfatiza que é preciso ter cautela. "Todo cuidado é pouco pois, às vezes, no intuito de aumentar o tamanho do pênis, a pessoa pode acabar machucando e danificando suas funções", finaliza.

Saúde em Dia
Publicidade
Publicidade