PUBLICIDADE

Como prevenir o aneurisma cerebral: veja 5 cuidados importantes

A maioria das pessoas que convive com a condição só descobre quando ela se agrava. Saiba mais!

4 dez 2023 - 17h13
Compartilhar
Exibir comentários

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o aneurisma cerebral acomete duas a cada 100 pessoas no mundo e pode ser confundido com um AVC ou até mesmo enxaqueca. Essa condição, que é considerada extremamente grave, muitas vezes, não provoca sintomas e só é descoberta quando se manifesta de forma mais crítica.

Neurocirurgião lista dicas para prevenir o aneurisma cerebral |
Neurocirurgião lista dicas para prevenir o aneurisma cerebral |
Foto: freepik/Freepik / Boa Forma

Nesse sentido, o  Dr. Antônio Araújo, neurocirurgião da Clínica Araújo & Fazzito e do corpo clínico do Hospital Sírio Libanês, enfatiza a importância de procurar um médico caso sofra com dores de cabeça frequentes.

"O aneurisma ocorre quando uma artéria no cérebro se enfraquece e se dilata, formando uma espécie de 'bolsa' cheia de sangue com um grande risco de romper causando hemorragia e podendo ser fatal", explica ele.

Para prevenir o problema, de acordo com o especialista, é necessário ter uma rotina com hábitos saudáveis, manter os exames em dia e evitar o consumo de substâncias como cigarro e bebida alcoólica. A seguir, veja outros cuidados considerados importantes:

COMO PREVENIR O ANEURISMA CEREBRAL

Controle a pressão arterial

A hipertensão arterial ( pressão alta) é um fator de risco significativo para o aneurisma cerebral. "Para monitorar e, se necessário, regular a pressão, é necessário um acompanhamento médico. Vale lembrar que, a alteração da pressão não necessariamente indica uma doença e é por isso que só um especialista poderá dar esse diagnóstico", destaca.

Mantenha um estilo de vida saudável

Quando falamos em prevenção de doenças, sempre devemos lembrar que manter um estilo de vida saudável é indispensável. Ou seja, se alimente bem, durma adequadamente, pratique exercícios físicos, beba água e fique longe dos vícios (cigarro e álcool, por exemplo).

"É importante ter uma alimentação rica em frutas, vegetais e pobre em gorduras saturadas e colesterol. Isso, em conjunto com a prática de alguma atividade física, como caminhar, por exemplo, ajuda na manutenção da saúde vascular", aponta Araújo.

Faça exames médicos de maneira regular

Muitas pessoas não têm o costume de fazer exames e de consultar um médico regularmente, mas essas duas medidas são fundamentais para monitorar a saúde do organismo.

" Exames de imagens, como angiografia cerebral, tomografia, ressonância entre outros podem ser solicitados por médicos caso haja necessidade. Eles são cruciais quando o paciente tem alguma queixa ou histórico familiar que represente algum risco", diz.

Avalie o seu histórico familiar

"Pessoas que tenham familiares com casos de aneurisma, têm um risco aumentado para o surgimento e desenvolvimento da condição, aumentando a importância de controle da saúde através de consultas médicas e exames".

Gerencie o estresse

O estresse pode impactar negativamente na saúde vascular e, por essa razão, mantê-lo sob controle é essencial para a prevenção de doenças como o aneurisma cerebral. "Meditar, fazer yoga e incluir na rotina alguma atividade relaxante pode ajudar a aliviar as tensões", recomenda o neurocirurgião.

Boa Forma
Compartilhar
Publicidade
Publicidade