PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Como evitar manchas e estrias na gravidez: dermatologista dá dicas

As alterações hormonais desse período podem impactar a pele, desencadeando, por exemplo, manchas escuras e estrias. Saiba como cuidar!

14 mai 2024 - 14h33
(atualizado em 15/5/2024 às 13h39)
Compartilhar
Exibir comentários

A gravidez é um momento no qual o organismo passa por uma série de alterações hormonais e genéticas, que acabam impactando o bem-estar emocional, o comportamento e até mesmo a pele. O aumento dos hormônios tornam a barreira cutânea mais oleosa e sensível à melanina, o que pode resultar no aparecimento de acne e manchas escuras. Além disso, estrias também podem surgir em áreas como mamas, abdômen, braços e dorso.

Descubra o que fazer para evitar melasma e estrias durante a gestação. |
Descubra o que fazer para evitar melasma e estrias durante a gestação. |
Foto: freepik/Freepik / Boa Forma

Segundo a Dra. Fátima Tubini, dermatologista, embora essas mudanças sejam totalmente naturais e esperadas, é possível evitá-las com alguns cuidados simples. Descubra dicas importantes a seguir!

Como evitar manchas?

O melasma consiste em manchas escuras que se manifestam, principalmente, na região central da testa e nas bochechas. Entretanto, segundo Tubini, essa condição também pode acometer as aréolas mamárias, axilas e região íntima. Sua prevenção envolve o uso diário de protetor solar. "Mas atenção, não basta utilizá-lo uma vez ao dia, é fundamental aplicá-lo pela manhã e reaplicá-lo a cada 2 horas", orienta ela. 

Como evitar estrias?

O ganho de peso durante a gravidez provoca o alongamento da pele e, consequentemente, fibras de colágeno e elastina podem se romper, levando ao surgimento de estrias. Para evitá-las, é essencial manter a pele sempre bem hidratada, por meio da utilização de cosméticos e também da ingestão adequada de água.

"Utilizar óleos e cremes é fundamental para a umectação da pele. Mas o ideal é que suas aplicações sejam feitas ao menos três vezes ao dia", diz.

De acordo com a Dra. Fátima, as estrias vermelhas são mais fáceis de tratar em comparação às brancas, uma vez que elas se encontram em uma fase inicial.

Uma alimentação equilibrada, a prática de exercícios físicos leves e consultas regulares ao dermatologista também são medidas necessárias para lidar com os impactos da gestação na pele. "Durante a espera pelo bebê, não utilize um produto sem a recomendação de um médico especializado na área", finaliza.

Boa Forma
Compartilhar
Publicidade
Publicidade