PUBLICIDADE

Cistite de lua de mel: entenda a síndrome que Anitta tem

Cantora contou sobre o problema durante bate papo no canal da Sabrina Sato, no YouTube

19 nov 2021 08h00
| atualizado às 10h40
ver comentários
Publicidade
Conheça mais sobre a cistite de lua de mel, problema relatado pela cantora Anitta
Conheça mais sobre a cistite de lua de mel, problema relatado pela cantora Anitta
Foto: Reprodução Instagram @anitta / Saúde em Dia

A cantora Anitta, de 28 anos, foi uma das convidadas do canal da apresentadora Sabrina Sato, no YouTube, para um bate papo descontraído. Durante a conversa, a estrela da música pop revelou que sofre de cistite de lua de mel, uma espécie de inflamação na região da bexiga.

"Não posso transar com alguém mais avantajado, que eu não consigo caminhar no dia seguinte. É horrível. E não tem nada a ver com bactéria. Não é infecção bacteriana não, gente, é porque socou muito lá e inflamou", disse Anitta, em tom bem-humorado, provocando gargalhadas nos outros participantes.

Entenda mais sobre cistite de lua de mel

A cistite de lua de mel, condição relatada pela Anitta, também é conhecida como síndrome do namorado novo. Trata-se de uma inflamação na região da bexiga, ocasionada pela invasão de bactérias intestinais no sistema urinário. O problema tem esse nome pois, geralmente, acontece devido ao movimento de fricção constante entre os órgãos genitais durante o ato sexual.

Segundo o ginecologista Dr. Eduardo Motta, a cistite de lua de mel pode afetar qualquer pessoa, independentemente do sexo ou da idade. No entanto, costuma ser mais frequente entre o público feminino. "A uretra das mulheres mede, em média, 5 cm e a dos homens, 12 cm. Sendo assim, o caminho para as bactérias chegarem à bexiga das mulheres é mais curto do que nos homens", explica o médico, em artigo publicado pelo Hospital Sírio Libanês.

Como prevenir o problema

Ao contrário do que alguns imaginam, não é necessário deixar de transar para evitar que a cistite de lua de mel ocorra. No entanto, alguns cuidados de higiene e atitudes simples podem dificultar o aparecimento de infecções e inflamações na região da bexiga. Confira:

  • Urinar imediatamente após a relação sexual ajuda a matar bactérias que, possivelmente, podem ter invadido o sistema urinário durante o ato;
  • Beber, no mínimo, dois litros de água por dia;
  • Evite álcool e cafeína em excesso;
  • Certificar-se de que esvaziou completamente a bexiga quando urinar;
  • Ao sentar-se no vaso sanitário, evite flexionar a região abdominal para a frente;
  • Tente encostar as costas na parede quando for urinar sentado. Essa postura facilita o esvaziamento completo da bexiga e evita infecções;
  • Procure urinar, pelo menos, a cada três horas;
  • Tenha uma boa higiene íntima, dando preferência para sabonetes com pH neutro.

Principais sintomas da cistite de lua de mel

Para evitar complicações relacionadas à cistite de lua de mel, também é necessário ficar atento aos sinais que o corpo envia. Caso você sinta uma vontade constante de urinar e, quando se dirige ao banheiro, não consegue fazer xixi ou sente dor e ardência durante a tentativa, fique atento. Provavelmente, algo não está funcionando como deveria em seu organismo. A melhor atitude é procurar auxílio médico o quanto antes. Confira outros sintomas que essa infecção pode provocar:

  • Queimação e dor intensa durante e depois de urinar;
  • Vontade urgente de ir ao banheiro toda hora;
  • Urina turva, com forte odor e rastros de sangue;
  • Dor na região inferior da barriga, também conhecida como baixo ventre;
  • Irritabilidade;
  • Fraqueza;
  • Falta de apetite;
  • Vômitos;
  • Febre.

Vale lembrar que o diagnóstico deve ser realizado por um médico, através de exames clínicos. Por isso, caso você sinta algum desses sintomas, não hesite em procurar ajuda e acompanhamento. O tratamento, na maioria das vezes, acontece com um aumento da ingestão de água e a prescrição de medicamentos específicos.

Fontes: Dr. Eduardo Vieira da Motta, ginecologista do Hospital Sírio Libanês / Doctoralia, plataforma especializada em saúde

Saúde em Dia
Publicidade
Publicidade