PUBLICIDADE

Caiu um cisco no olho? Saiba o que fazer para tirar sem sofrer

Nada de esfregar os olhos! É preciso calma e delicadeza para se livrar dessas pequenas partículas que podem causar um enorme desconforto

9 dez 2023 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: iStock

Delicados e suscetíveis a uma variedade de irritações, os olhos podem ser frequentemente o alvo dos “ciscos”, pequenas partículas, muitas vezes provenientes de poeira, poluição, detritos ambientais ou até mesmo um cílio, que podem causar um enorme desconforto e comprometer a clareza visual. 

O médico oftalmologista Tiago César Pereira Ferreira explica que a sensação de que “entrou areia” nos olhos, lacrimejamento, vermelhidão, ardor, visão embaçada e sensibilidade à luz, é uma ocorrência muito comum após o contato com um cisco. 

Foto: iStock

Nesse caso, é importante não coçar o olho, que costuma ser nossa primeira reação. Além disso, o médico orienta lavar a área imediatamente com água abundante ou soro fisiológico com cuidado e delicadeza. Caso a pessoa não tenha acesso a soro fisiológico na hora, é possível usar água limpa corrente. 

Outras dicas importantes: nada de esfregar os olhos, usar sabonetes ou tentar tocar o globo ocular, já que isso poderá piorar o problema resultando até mesmo em lesões. 

O especialista orienta que se pisque os olhos durante a lavagem, percebendo se a sensação incômoda da presença do cisco passou. 

Foto: iStock

Sempre que o desconforto persistir, seja porque o corpo estranho não saiu ou porque a região ficou irritada a ponto de incomodar, o procedimento correto é procurar o médico oftalmologista para que ele possa examinar e identificar se ocorreu alguma fissura ou lesão. Somente dessa forma ele poderá fazer o tratamento adequado para não comprometer a integridade do globo ocular.

9 coisas que você precisa saber sobre o herpes-zóster 9 coisas que você precisa saber sobre o herpes-zóster

Fonte: Redação Terra Você
Compartilhar
Publicidade
Publicidade