PUBLICIDADE

Saber menos para ter mais sabedoria

Na caminhada em busca do conhecimento, o não-saber tem seu valor. Entenda a importância de estar aberto para perguntar e aprender

29 mar 2021 12h39
Publicidade

Existe uma grande alegria em perguntar! Na caminhada em busca do conhecimento é muito importante não-saber. Se você já chega sabendo tudo pela metade, os seus achismos, erros, enganos, vão atrapalhar todo o seu aprendizado.

É preciso ter prazer com o não-saber. Mas também é necessário não se sentir menor com o não-saber. Às vezes, quando encontramos alguém no trabalho, por exemplo, que sabe muito, ao invés de nos sentirmos felizes e aproveitarmos o instante, a insegurança nos domina e não perguntamos. Não tenha vergonha de perguntar, tenha vergonha de fingir que sabe.

Não tenha vergonha de perguntar, tenha vergonha de fingir que sabe
Não tenha vergonha de perguntar, tenha vergonha de fingir que sabe
Foto: skynesher / iStock

O não-saber é muito útil. Portanto, ao encontrar alguém que sabe mais do que você sobre um assunto específico, pergunte. Pergunte com sinceridade. Acredite, aquela pessoa quer dividir com você o que ela sabe. Se você se colocar na posição certa da receptividade, ela vai trazer o que há de melhor e mais informativo para você.

A sua grandeza é sua, ela não vem de você fingir conhecimento. Vem de você ter humildade para absorver o que não sabe. E quando você souber aquilo que é da sua especialidade, você dá com generosidade, sem pensar pouco nem pequeno de ninguém. Essa é a troca dos grandes sábios. Namastê!

Saber menos para ter mais sabedoria:

 

Seja Zen com Sat Seja Zen com Sat
Publicidade