0

Masturbação atua contra diabetes e câncer, dizem pesquisadores

Estudo mostra que 85% das mulheres se masturbam, enquanto esse número aumenta para 94% para os homens

6 dez 2013
17h15
  • separator
  • 0
  • comentários

Como se já não existissem motivos suficientes para se masturbar, um novo estudo aponta que a prática pode prevenir uma série de complicações ao organismo. Anthony Santella, um cientista da saúde pública da Universidade de Sydney, na Austrália, e o professor Chenoa Cooper descobriram que o auto-prazer pode afastar doenças como cistite, depressão, diabetes e câncer. As informações são do Daily Mail.

Foto: Getty Images

Masturbação: confira 25 passos para ter prazer sozinha

Eles mostram que 85% das mulheres se masturbam, enquanto esse número aumenta para 94% para os homens  – e isso é algo que até mesmo os bebês fazem quando estão no útero. “Para as mulheres, a masturbação pode ajudar a prevenir infecções no colo do útero e no trato urinário, já que ocorre a abertura do colo do útero durante o processo de excitação”, escreveram eles em um artigo feito para o site The Conversation.

Em inglês, o processo é chamado de “tenting” e, de acordo com os especialistas, ele permite a circulação de fluidos, fazendo com que as bactérias do muco cervical sejam “varridas”  do útero.

O artigo aponta ainda que a masturbação também diminui o “risco de diabetes tipo 2, evita a insônia e a tensão com a liberação de hormônios e aumenta a força do assoalho pélvico com as contrações que acontecem durante o orgasmo”.

Estudos recentes mostram que homens que fazem sexo regularmente têm menos risco de câncer de próstata, talvez devido a liberação de toxinas da glândula da próstata. Por fim, a dupla australiana diz que a masturbação é capaz de prevenir a depressão e diminuir o estresse por conta da liberação de endorfina, o hormônio do prazer.

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/sexo/infograficos/sexooral/iframe.htm" href="http://www.terra.com.br/sexo/infograficos/sexooral/iframe.htm">veja o infográfico</a>

Veja também:

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade