PUBLICIDADE

Masturbação em público: saiba como diferentes países punem a prática

O jornal The Guardian mostrou as possíveis punições em lugares como Brasil, Estados Undios e Arábia Saudita

20 set 2013 14h39
| atualizado às 14h39
ver comentários
Publicidade
Foto: Getty Images

Homem sueco de 65 anos foi pego se masturbando em uma praia de Estocolmo. Foi inocentado das acusações de agressão sexual após o tribunal ter decidido que suas atividades não foram direcionadas a uma pessoa específica. Mas, e se ele fosse flagrado em outros países, o que aconteceria? Confira abaixo a lista de possíveis punições encontradas pelo mundo, listadas pelo jornal The Guardian.

Reino Unido: 14 dias de prisão
Várias leis indicam que a masturbação em público é uma ofensa para qualquer um. A pena total depende de uma série de fatores circunstanciais.

Arábia Saudita: três anos e 300 chibatadas
Em março de 2004, um tribunal condenou um professor a três anos de prisão e 300 chibatadas por declarar que a masturbação (assim como a homossexualidade, o tabagismo e música) era admissível.

Indonésia: decapitação
Segundo o jornal, a maioria dos resultados de pesquisa leva a crer que a penalidade para a masturbação na Indonésia é a decapitação. Mas uma consulta formal feita ao secretário de informações da embaixada do país mostra termos do referido artigo 281 da legislação nacional, em que a pena máxima é de reclusão por 32 meses.

Brasil: circunstâncias especiais
Em 2011, uma mulher com compulsão orgástica, que chegou a precisar se masturbar até 47 vezes ao dia, levou o seu caso ao tribunal e conseguiu o direito a uma pausa de 15 minutos no trabalho a casa duas horas. Ela também segue tratamento com ansiolíticos para reduzir a compulsão.  

Alabama: ilegal, se for artificial
Nos Estados Unidos, as leis variam entre os estados. Em 2009, a Suprema Corte do Alabama proibiu a venda de “qualquer dispositivo concebido principalmente para a estimulação dos órgãos genitais humanos” em um esforço para atingir as vendas de máquinas de masturbação.

Carolina do Norte: ficha criminal
Na cidade de Charlotte, ser pego se masturbando em público é uma contravenção. 

Texas: dois anos de prisão
De acordo com o Tribune Herald, uma nova medida que entrará em vigor em 1° de janeiro de 2014 fará com que muitas formas de masturbação masculina sejam ilegais. “As exceções incluem doações de esperma, que agora só devem ser realizadas em uma instalação hospitalar designada.”

<a data-cke-saved-href="http://mulher.terra.com.br/infograficos/kamasutra/iframe.htm" href="http://mulher.terra.com.br/infograficos/kamasutra/iframe.htm">veja o infográfico</a>
Fonte: Ponto a Ponto Ideias Ponto a Ponto Ideias
Publicidade
Publicidade