PUBLICIDADE

Beber água com limão de manhã emagrece mesmo? Veja mitos e verdades

Hábito é conhecido e usado por diversas pessoas que estão em busca da perda de peso

21 fev 2024 - 05h00
(atualizado às 11h45)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: iStock

Nos círculos de saúde e bem-estar, o hábito de beber água com limão logo pela manhã tem sido aclamado como uma prática milagrosa para perder peso. No entanto, diante de tantas informações conflitantes e reivindicações exageradas, surge a questão: será que esse hábito realmente auxilia no emagrecimento?

Para responder a essa pergunta e desvendar os mitos e verdades por trás dessa prática, o Terra buscou opiniões de especialistas no assunto. 

A nutricionista Sol Moraes explica que o limão torna-se alcalino no organismo e, em um ambiente alcalino, as células têm mais facilidade de eliminar toxinas. Dessa forma, a perda de peso é potencializada e os processos inflamatórios reduzidos.

“A água com limão pode ajudar a iniciar o processo de digestão pela manhã, porque além de melhorar o funcionamento do intestino, também estimula o fígado a produzir bile, um fluido necessário para a digestão de gorduras e melhora os sintomas de azia, queimação e distensão abdominal causada por gases”, diz a nutricionista.

6 benefícios de tomar água com gengibre pela manhã com o estômago vazio 6 benefícios de tomar água com gengibre pela manhã com o estômago vazio

Médica pós-graduada em nutrologia, Patrícia Santiago conta que sempre recebe essa pergunta em seu consultório, mas que infelizmente não passa de um mito. "Água com limão não emagrece, mas contribui no processo quando associado a outras ações", explica. 

Danielle Souza, nutricionista do Complexo Hospitalar de Niterói (CHN), relata que existem outros benefícios que a ingestão de água com limão pode trazer além do auxílio na perda de peso. A combinação melhora a imunidade, uma vez que o limão é rico em vitamina C, antioxidante que participa de diversas funções importantes sejam elas imunológicas ou no processo de formação de colágeno, por exemplo.

“Além do poder anti-inflamatório, reduz estresse, diminui o risco de doenças cardíacas e melhora a absorção do ferro”, orienta a especialista.

Renata Brasil, nutricionista na Clínica Soloh de Nutrição, alerta para os risco que a ingestão de limão com água pode causar no organismo, como lesões na parede do estômago, principalmente de pessoas que já têm casos de azia, gastrite ou até mesmo úlcera, mesmo que seja uma úlcera leve. 

“É muito importante a gente avaliar a primeira condição de saúde do paciente para depois prescrever a água com limão em jejum. Se tiver algum caso assim, é melhor que se consuma depois de alguma refeição, que o estômago já está mais protegido”, aconselha a profissional.

Fonte: Redação Terra Você
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade