PUBLICIDADE

10 espécies de plantas tóxicas para os gatos

Entenda como elas podem colocar a saúde do pet em risco e o que fazer em caso de ingestão

8 set 2023 - 10h02
Compartilhar
Exibir comentários

As plantas têm um papel fundamental na decoração de interiores, trazendo um toque de natureza e vivacidade para qualquer ambiente. Elas não só adicionam cor e textura, mas também podem melhorar a qualidade do ar, proporcionando um ambiente mais saudável e agradável. No entanto, é essencial lembrar que algumas plantas podem representar um perigo para os gatos.

Substâncias encontradas em algumas plantas podem ser tóxicas para os pets
Substâncias encontradas em algumas plantas podem ser tóxicas para os pets
Foto: keldridge | Shutterstock / Portal EdiCase

Segundo Caroline Mouco Moretti, veterinária clínica e diretora-geral do Grupo Vet Popular, o que torna essas plantas tóxicas tanto para cães quanto para gatos são as substâncias encontradas nelas. "Por exemplo, a flor do antúrio contém oxalato de cálcio como princípio, podendo causar inchaço da boca, lábios e garganta, dificuldade para engolir, paralisia da língua, salivação excessiva, vômitos e diarreia", explica.

Fique atento aos sintomas

Os sintomas decorrentes da intoxicação causada por plantas podem ser os mais variados. Pode ocorrer falta de apetite, vômitos, diarreias, falta de coordenação motora e equilíbrio, desmaios, convulsões, lesões orais, alterações cardíacas, entre outros. Em casos mais graves, pode ocasionar até morte súbita do animal.

"Tudo vai depender do tipo de substância, quantidade ingerida e tempo de socorro após detecção da ingestão", esclarece Caroline Mouco Moretti. Ainda de acordo com a profissional, os animais podem desenvolver os sintomas até 24 horas após comer a planta.

Por isso, é extremamente importante que o tutor leve o animal ao médico veterinário assim que perceber o consumo da planta ou logo que notar aparecimento dos sintomas. "Quanto antes tratar, menor a quantidade da substância tóxica a ser absorvida", aponta a diretora-geral do Grupo Vet Popular.

Lírios podem causar insuficiência renal nos gatos
Lírios podem causar insuficiência renal nos gatos
Foto: Anton Nikitinskiy | Shutterstock / Portal EdiCase

Plantas tóxicas para os gatos

A seguir, confira uma lista com algumas espécies de plantas que podem oferecer perigos à saúde dos gatos.

1. Lírio (Lilium spp.)

Uma das características marcantes do lírio inclui suas flores grandes e vistosas, que podem variar em cores vibrantes como branco, amarelo, rosa, laranja e até tons mais profundos como vermelho e roxo. No entanto, os lírios são altamente tóxicos para gatos e podem causar insuficiência renal aguda se ingeridos. Mesmo o contato com pólen ou a água do vaso pode ser perigoso.

2. Espada-de-são-jorge (Sansevieria trifasciata)

A espada-de-são-jorge tem folhas longas e eretas que crescem em forma de espada, geralmente com listras ou padrões marcantes que variam em tons de verde e amarelo. Apesar de ser popular e fácil de cuidar, ela pode causar vômitos, diarreia e até problemas neurológicos nos felinos.

3. Azaleia (Rhododendron spp.)

Essa é uma planta ornamental popular apreciada por suas flores vistosas e coloridas. Suas características incluem flores em forma de trombeta que crescem em cachos exuberantes. No entanto, ela contém toxinas que afetam o sistema cardiovascular e nervoso dos gatos, levando a sintomas como vômitos, diarreia e fraqueza.

4. Filodendro (Philodendron spp.)

Essa é uma planta de interior popular valorizada por sua folhagem exuberante e fácil manutenção. Ela tem folhas grandes, em formato de coração ou lanceoladas, que variam em tons de verde. Contudo, o filodendro contém oxalato de cálcio, que causa irritação oral e gastrointestinal se mastigado.

Bico-de-papagaio causa irritações na boca e no estômago dos bichanos
Bico-de-papagaio causa irritações na boca e no estômago dos bichanos
Foto: Rose Marinelli | Shutterstock / Portal EdiCase

5. Bico-de-papagaio (Euphorbia pulcherrima)

A planta bico-de-papagaio é mais frequentemente associada às épocas festivas de final de ano, como o Natal, devido às suas brácteas coloridas que se assemelham a flores. No entanto, se consumida, ela pode causar irritação na boca e estômago dos gatos.

6. Ciclamen (Cyclamen spp.)

A ciclamen é uma planta de flor ornamental apreciada por suas flores encantadoras e folhagem atrativa. Todavia, se ingerida, pode causar problemas cardíacos e gastrointestinais nos gatos, além de levar a convulsões se consumida em grande quantidade.

7. Begônia (Begonia spp.)

A begônia é valorizada por suas flores deslumbrantes e folhagem decorativa. As cores vibrantes variam em vermelho, rosa, branco, laranja e tons de amarelo. No entanto, elas contêm substâncias tóxicas que podem causar irritação gastrointestinal e renal nos felinos.

Aloe vera causa vômito e diarreia nos gatos
Aloe vera causa vômito e diarreia nos gatos
Foto: barmalini | Shutterstock / Portal EdiCase

8. Aloe vera (Aloe barbadensis)

A aloe vera tem folhas lanceoladas, de cor verde-acinzentada, que crescem em rosetas e podem chegar a tamanhos consideráveis. O interior das folhas abriga um gel transparente e viscoso, conhecido por suas propriedades calmantes e regenerativas para a pele, mas é tóxico para gatos e pode causar vômitos e diarreia.

9. Hortênsia (Hydrangea spp.)

Essa planta é famosa por seus conjuntos de flores exuberantes e cores vibrantes, tornando-a uma presença marcante em jardins e paisagens. No entanto, as hortênsias contêm cianeto, que pode levar a problemas gastrointestinais, cardíacos e respiratórios nos gatos.

10. Tulipa (Tulipa spp.)

Essa é uma planta apreciada em todo o mundo por suas flores icônicas e vibrantes, que anunciam a chegada da primavera. Ela tem flores em forma de taça ou copo, com pétalas arredondadas e uma aparência única. Todavia, as tulipas contêm alcaloides que podem causar sintomas gastrointestinais e até insuficiência cardíaca em gatos.

Portal EdiCase
Compartilhar
Publicidade
Publicidade