PUBLICIDADE

10 alimentos do dia a dia para abolir e ter uma alimentação saudável

Ter uma alimentação saudável também é sobre excluir do prato alimentos que fazem mal à saúde; veja as opções para abolir

7 jun 2024 - 10h33
(atualizado às 16h18)
Compartilhar
Exibir comentários

Comer bem é o primeiro passo para ter mais disposição, melhorar a saúde física e, consequentemente, impulsionar a saúde mental. No entanto, algumas opções que fazemos no dia a dia nos afastam de uma alimentação saudável, colocando nosso organismo em risco.

Especialmente para quem quer perder peso, fazer a escolha certa na hora de se alimentar é imprescindível. Pensando nisso, a nutróloga Ana Luisa Vilela, médica especialista em emagrecimento, separou os 10 alimentos que devem ser riscados da lista do supermercado e do dia a dia.

Ela conta que esses 10 itens não servem apenas para preservar a saúde, mas também colabora para evitar algumas doenças. Além disso, ajuda a perder peso de maneira bem mais simples do que se imagina. 

Tirando do prato alguns alimentos que são ricos em sódio, gorduras e calorias vazias, por exemplo, a médica afirma que é possível melhorar muito a qualidade de vida.

10 alimentos para abolir e ter uma alimentação saudável
10 alimentos para abolir e ter uma alimentação saudável
Foto: Shutterstock / Saúde em Dia

10 alimentos para abolir e ter uma alimentação saudável

A médica nutróloga aponta quais tipos de alimentos devem ficar longe do seu prato para ter uma alimentação mais saudável. Confira:

1- Embutidos e defumados. Eles são ricos em sais e gorduras e podem induzir doenças no trato gastrointestinal se consumidos em excesso.

2 - Sal de adição. Colocar sal a mais em pratos prontos colabora para a retenção de líquidos e é o inimigo de quem tem pressão alta e problemas cardíacos.

3 - Corantes sintéticos. São normalmente encontrados em alimentos industrializados com pigmento forte, como balas e sucos em pó. Por isso, podem causar alergias graves.

4 - Frituras em óleo. O óleo oxidado usado em frituras é um veneno para nosso colesterol, aumentando muito o risco de distúrbios cardiovasculares.

5 - Salsicha. Este é um alimento rico em gorduras, corantes e possui baixa qualidade. Se for consumir, dê preferência para as salsichas artesanais, com alimentos selecionados.

Diversas opções do dia a dia fazem mal à saúde

6 - Biscoitos industrializados, margarina e sanduíches fast food. Todas essas opções são ricas em gorduras e carnes processadas muito calóricas. Além disso, elas estimulam a comer rápido, pois são macios e deixam o ato de mastigar em segundo plano, explica a nutróloga.

"Os biscoitos são recheados com recheios artificiais ricos em gorduras, açúcares e corantes e você nunca come um só, o que aumenta ainda mais a ingestão de gorduras ruins e calorias. Isso também induz as crianças a só comer besteiras, deixando de lado os bons alimentos como frutas e legumes", enfatiza.

7 - Macarrão instantâneo. Este é um alimento que já vem industrializado e é pré-frito, rico em sal, gorduras e calorias. Também proporciona baixa ingestão de nutrientes. Famoso por ser uma opção barata e rápida, porém pouco saudável.

8 - Açúcar branco. Além de ter calorias vazias, este alimento engorda e aumenta o risco de diabetes quando consumido em grande quantidade.

9 - Balas e marshmallow. Essas são opções ricas em gorduras, que aumentam o ganho de peso e não possuem nenhum nutriente. Também pioram a qualidade dos dentes.

10 - Gordura visível em carnes de origem animal. "Mesmo sabendo a delícia que é um torresmo ou aquela gordurinha da picanha, ou a pele crocante do frango, todas são maléficas para a saúde. É melhor investir em carnes magras como filé de frango ou peixes e sempre tirar aquelas gordurinhas visíveis. Esses excessos prejudicam o bom funcionamento do coração", finaliza a nutróloga.

Saúde em Dia
Compartilhar
Publicidade
Publicidade