PUBLICIDADE

Conheça os segredos do bar considerado o melhor do mundo

0comentários
06h04 atualizado às 07h41
Publicidade

Transmitir felicidade através de um coquetel inovador, uma carta de bebidas criativa e fazer com que cada cliente se sinta único são os segredos do Artesian Bar, em Londres, considerado o Melhor Bar do Mundo segundo a prestigiosa lista da publicação Drinks International.

Para não errar na escolha, um mapa do sabor guia o cliente para optar entre quase 40 opções de drinques no Artesian Bar
Para não errar na escolha, um mapa do sabor guia o cliente para optar entre quase 40 opções de drinques no Artesian Bar
Foto: Reprodução

Essa proposta foi explicada em entrevista à Agência Efe pelo italiano Simone Caporale, um dos professores de coquetelaria deste luxuoso estabelecimento que fica no Langham Hotel e conta entre seus clientes com membros da família real britânica.

Para ele, o segredo de um coquetel é "superar as expectativas do cliente, fazê-lo o mais feliz possível, brincar com a surpresa, oferecer inovação e dar à bebida um sentido, uma história, uma razão para que as pessoas a consumam".

Na carta do Artesian Bar se destacam sua oferta de rum e combinações como o The Langham Martini (com aromas de yuzu, alfazema e ruibarbo, entre outros ingredientes), diferentes tipos de gim-tônica, os coquetéis clássicos - nas receitas tradicionais ou revisadas - e criações para que os clientes se sintam confortáveis ou sexy.

Para não errar na escolha, um mapa do sabor guia o cliente para optar entre quase 40 opções, que viajam desde o sabor leve ao vibrante, passando pelos frutados e os secos.

Ao escolher um coquetel, recomenda Caporale, é preciso se deixar levar pelo estado de ânimo, além do gosto pessoal. "Em uma tarde fria, prefiro algo reconfortante, como um Manhattan, e um Martini com sua explosão de sabor na primavera", diz este bartender nascido em Como (Itália).

A revolução da coquetelaria, liderada por Londres e Nova York, se viu beneficiada pelo processo também experimentado pela alta gastronomia, já que os dois ramos têm "cada vez mais pontos em comum". "Novos ingredientes, técnicas, jogos de texturas ou o uso de ervas frescas são tendências em gastronomia e coquetelaria", e as descobertas viajam de um a outro âmbito sem passaporte.

Caporale defende uma "maior unidade no trabalho" no mundo da hotelaria: "Cozinheiros, coqueteleiros e sommeliers devemos compartilhar técnicas e conhecimentos, porque esta evolução não pode parar".

A apresentação ganha maior importância a cada dia, segundo o especialista italiano. "Utiliza-se gelo seco para criar efeitos de ar com aroma, a bebida pode ser servida dentro de um livro ou em um copo que recria uma pata de vaca, há detalhes que convidam à brincadeira, como um diamante de açúcar", explica o bartender do Artesian, que disse ser "estupendo ver os clientes brincando como crianças".

Como na parte sólida, no mundo das combinações de bebidas "a revolução nasce a partir das ideias", por isso triunfam os que "praticam novas técnicas e tipos de combinações, os que buscam a inspiração nas coisas novas", segundo Caporale.

Assim, a equipe do Artesian criou uma técnica de envelhecimento dos coquetéis em barris pequenos de vidro, "onde descansam e se misturam com todos os sabores", e trabalha com "tipos de gelo de diferentes temperaturas".

Perguntado sobre quais seriam as "Mecas" da coquetelaria para turistas, Caporale disse que Londres e Nova York continuam a ter mais destaque, mas ele aposta em outros destinos que estão sendo revelados, como Barcelona, Berlim e Moscou.

EFE   
Publicidade
Publicidade