PUBLICIDADE

Influenciadora mostra vídeo em que salva filho de engasgo com manobra de Heimlich; assista

'Foram 3 minutos de pânico que duraram uma eternidade', escreveu Clara Maia; saiba o que é a manobra e como fazer em bebês

6 jun 2024 - 12h56
(atualizado às 17h24)
Compartilhar
Exibir comentários

A influenciadora Clara Maia mostrou um momento angustiante que viveu com o filho recém-nascido, José, de um mês. O bebê sofreu um engasgo após uma hora de amamentação e Clara precisou fazer a manobra de Heimlich, que consiste em fazer compressões para salvar a pessoa engasgada (saiba mais sobre e veja como fazer em bebês abaixo).

Influenciadora Clara Maia mostra vídeo em que salva filho de engasgo com manobra de Heimlich.
Influenciadora Clara Maia mostra vídeo em que salva filho de engasgo com manobra de Heimlich.
Foto: @claramaia_ via Instagram / Estadão

Segundo a influenciadora, ela compartilhou o vídeo para que todos aprendam a fazer a manobra para ajudar pessoas engasgadas. "Primeiros socorros deveria ser matéria no colégio. Deveríamos crescer sabendo, essa manobra salva vidas", disse.

Clara descreveu os três minutos em que o bebê permaneceu engasgado como "minutos de pânico que duraram uma eternidade". "Graças a Deus, consegui ter o 'sangue frio' para fazer o que precisava ser feito", afirmou. Assista ao vídeo compartilhado pela influenciadora acima.

Em outra publicação, ela compartilhou registros de José sorrindo e agradeceu por ter conseguido salvar a vida do filho. "Eu vi você sem ar, roxinho, lutando para respirar e nunca vou conseguir esquecer essa cena, mas Deus é grandioso demais e capacita a gente para cuidar e proteger", escreveu.

O que é a manobra de Heimlich e como fazer em bebês?

Conforme a ABORL-CCF, a manobra de Heimlich consiste em abraçar uma pessoa por trás e realizar manobras de compressão com uma das mãos abertas e a outra, com o punho fechado, na região entre o umbigo e o começo das costelas. O movimento deve ser feito para trás e para cima. A manobra deve ser feita cinco vezes com repetições, se necessário.

Em bebês com menos de um ano, são necessários cuidados diferentes. Primeiro, o adulto deve apoiar a criança no antebraço ou na coxa, com a cabeça voltada para baixo e o queixo apoiado. Em seguida, deve usar os dedos em forma de "gancho" para abrir a boca da criança. Então, o recomendado é dar 5 batidas com a mão nas costas do bebê. Depois, o bebê deve ser virado para cima e devem ser realizadas compressões com dois dedos na região entre os mamilos. Quando o corpo estranho aparecer na boca, o adulto deve retirá-lo delicadamente da região.

Em caso de engasgo, não se deve colocar a mão dentro da boca da pessoa engasgada. Em pessoas obesas ou grávidas que estão no último trimestre, as compressões devem ser feitas no meio do peito, e não no abdome.

O engasgo é mais frequente em bebês e idosos, mas pode acometer qualquer um. Segundo a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e de Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF), a obstrução das vias aéreas está entre as dez causas da morte pediátrica no Brasil. No mundo, ela é responsável por 53% dos acidentes infantis. Leia mais sobre o que fazer em caso de engasgo aqui.

De Nala a Ilha, os nomes 'diferentões' dos filhos de famosos De Nala a Ilha, os nomes 'diferentões' dos filhos de famosos

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade