PUBLICIDADE

A partir de quando o bebê pode tomar água de coco?

Qual é a quantidade certa? Pode dar alergia? Tire suas principais dúvidas sobre o consumo dessa bebida pelas crianças!

9 dez 2023 - 16h17
Compartilhar
Exibir comentários

Esse calor combina com uma água de coco bem geladinha, não é mesmo? Porém, antes de se refrescar e oferecer a bebida ao pequeno, é importante que os pais e cuidadores estejam atentos às recomendações em relação ao consumo no primeiro ano de vida.

Foto: rudi_suardi/Getty Images / Bebe.com

Quem responde às principais dúvidas sobre o tema é Paulo Telles, pediatra pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

Quando posso oferecer água de coco ao bebê?

O médico explica que a água de coco segue a mesma recomendação da introdução de sucos naturais na alimentação infantil. Ou seja , não deve ser oferecida no primeiro ano de vida. Após os 12 meses, a criança já pode tomar 120 ml por dia - mas sem adição de conservantes e açúcar. Já a partir dos 4 anos, esse consumo pode aumentar para 120 ml a 180 ml diários.

Além disso, a melhor opção, de acordo com Paulo, é oferecer a bebida diretamente do coco, mas, claro, seguindo todos os cuidados de conservação e higiene. 

E aos papais e mamães que se preocupam com alergias, o pediatra tranquiliza afirmando que o risco é muito baixo. Mas qualquer sintoma que indique uma reação alérgica à bebida - como i nchaços, coceira, manchas na pele e erupções - deve ser monitorado. 

Criança bebendo água direto de uma garrafa plástica grande.
Criança bebendo água direto de uma garrafa plástica grande.
Foto: Khatawut Chaemchamras / EyeEm/Getty Images / Bebe.com

Não substitui a água

A água de coco pode ser uma opção gostosa para hidratar, além de ser fonte de vitamina C, potássio e cálcio. Porém, mesmo sendo saudável, ela não deve fazer parte da rotina do bebê como a água comum. 

Telles explica que o sabor adocicado da bebida proveniente do coco pode prejudicar a aceitação de água. E é muito importante que o pequeno tenha o hábito de tomar água para se manter hidratado. Sendo assim, é melhor tentar atrasar a introdução o máximo possível

"Os pais devem ficar com a mensagem que o ideal é sempre hidratar os bebês com água, evitando qualquer outro líquido com frutose - como água de coco e suco - para a hidratação. Isso pode atrapalhar o apetite, aumentar a taxa glicêmica e acostumar o paladar da criança" , finaliza o pediatra. 

Bebe.com
Compartilhar
Publicidade
Publicidade