PUBLICIDADE

Se tamanho não é documento, por que homens mentem a respeito?

Em enquete anônima, 64% disseram que têm pênis entre 16 e 19 cm, mas a ciência garante que a média do brasileiro é de 13,5cm

8 nov 2023 - 06h00
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Reprodução

Quem tem pênis maior transa mais? Ou goza mais? Ou faz gozar mais? Muitas são as perguntas acerca do tamanho do órgão sexual masculino e as respostas para tantas questões podem não ser exatas. No entanto, uma enquete com mais de três mil homens, realizada pelo Sexlog, site de sexo e swing da América Latina, trouxe alguns dados curiosos sobre o assunto. 

Entre os participantes, 64% declararam que têm pênis entre 16 e 19cm, enquanto 20% afirmaram que seus dotes são entre 10 e 15cm e a minoria (16%) dizem que têm mais de 20cm. O que chama a atenção é que, de acordo com estudos recentes, o tamanho médio do pênis dos brasileiros é de cerca de 13,5 cm em ereção, o que se encontra dentro dos padrões internacionais. 

No entanto, esse dado é pouco conhecido e muitas vezes as pessoas têm expectativas irreais em relação ao tamanho do órgão sexual masculino. 

“Embora a gente fale de média, cada indivíduo tem a sua natureza e não é o tamanho do seu pênis que define sua masculinidade. Mesmo assim, um homem não vai assumir se tiver um órgão menor”, comenta Tamara Zanotelli, sexóloga e terapeuta sexual.

Tabu é um fenômeno social

O tabu que recai sobre o assunto é um fenômeno social visto em muitas culturas que consideram o tamanho do pênis é como um símbolo de virilidade e masculinidade, enquanto aqueles menos dotados são frequentemente ridicularizados e considerados menos masculinos. A CMO do Sexlog, Mayumi Sato, conta que frequentemente escuta pessoas relacionando o tamanho do órgão sexual ao prazer. 

“Muitas pessoas acreditam que quanto maior o pênis, mais ele vai sentir ou proporcionar prazer. Essa é uma ideia que foi perpetuada principalmente pela pornografia e pela leitura erótica, porém hoje há um entendimento que isso é mais uma questão de fantasia do que de realidade, um pênis maior não é garantia de mais prazer e há casos que ele acaba até atrapalhando”, diz.

Embora existam essas crenças em torno do tamanho versus prazer, cada pessoa é única e tem preferências quando se trata de sexo. Um bom exemplo é a enorme variedade de produtos vendidos em sex shops que vão de micropênis a dildos enormes com mais de 30cm, sem falar nos sex toys que não fazem nem menção à penetração, como os sugadores. 

“A maior parte das mulheres não atinge o orgasmo por meio da penetração vaginal, e o tamanho do pênis não é tão importante quanto outras habilidades sexuais, como a comunicação, o toque e a intimidade emocional”, diz Mayumi.

Tamanho x Duração

O levantamento realizado pelo Sexlog também trouxe outras respostas interessantes sobre a duração das relações sexuais e a relação com o tamanho dos pênis. Em resumo, os homens que relataram ter o pênis menor são também os que dizem ter as relações sexuais mais curtas. 

Na questão sobre a frequência das transas, o resultado é o mesmo: quanto maior, mais sexo. Aqueles que dizem ter mais de 25cm disseram transar nove vezes por semana ou mais. Enquanto 70% dos que contaram ter 11cm dizem transar uma vez por semana. 

“A primeira interpretação é que quanto maior, mais eficiente, mais viril, mas é provável que isso reflita mais um desejo e uma expectativa do que a realidade. Todo o tabu em torno do assunto pode ter várias origens, entre elas a falta de educação sexual adequada e o medo de ser considerado inferior ou incapaz na hora do sexo. Além disso, vivemos em uma cultura machista que associa o tamanho do pênis à virilidade, o que a gente sabe que não condiz com a realidade”, diz a CMO do Sexlog.

(*) HOMEWORK inspira transformação no mundo do trabalho, nos negócios, na sociedade. É criação da Compasso, agência de conteúdo e conexão.

Homework Homework
Compartilhar
Publicidade
Publicidade