PUBLICIDADE

CASACOR São Paulo: hall maximalista tem parede espelhada e piso listrado

Intitulado "Hall do Apartamento", o ambiente de Gustavo Scaramella para a CASACOR São Paulo, apresenta mistura audaciosa e atmosfera altiva.

9 jul 2024 - 19h09
Compartilhar
Exibir comentários

Assinado pelo arquiteto Gustavo Scaramella, o " Hall do Apartamento" impressiona com um design eclético e impactante, superando a simples função de recepcionar!

Ao planejar o ambiente com base no tema da 37 ª Edição da CASACOR São Paulo, 'De presente, o agora', o arquiteto refletiu sobre o legado que será deixado para as futuras gerações e para o planeta:

-
-
Foto: Bia Naiuack/Divulgação / Casa.com

"Primeiro, precisamos entender e aceitar que somos indivíduos formados por diferentes tempos, lugares, pessoas, preferências, referências, gostos, ensinamentos, estilos, etc. Com essa pluralidade, acredito que os espaços que frequentamos também devem ser uma expressão autêntica da individualidade. Esse será o meu legado."

-
-
Foto: Bia Naiuack/Divulgação / Casa.com

Com isso em mente, seu espaço de 44 m² desperta uma jornada sensorial e emocional. Ao entrarem, os visitantes são imediatamente envolvidos por uma paleta eufórica, com destaque para a cor Amarelo Pantanal aplicada com um compressor para um sutil efeito rústico e opaco que reveste das paredes ao forro. 

Essa vivacidade combina perfeitamente com o piso de tauari bicolor e os círculos de mármore Napoleon Bordeaux, que constituem movimento e dinamismo. 

-
-
Foto: Bia Naiuack/Divulgação / Casa.com

Na decoração, o arquiteto apostou no mix & match ("misturar e combinar", em inglês). Cada peça, como o banco Centopeia do designer Maximiliano Crovato, o espelho Orgus de Humberto da Mata, a mesa de apresentação francesa dos anos 1970 e a cadeira Louis XVI à la Reine, refletem sua visão única de mundo e são um convite para uma jornada através do tempo e do espaço.

-
-
Foto: Bia Naiuack/Divulgação / Casa.com

"O mix & match é uma metáfora para a complexidade e a beleza do momento presente, onde cada objeto e detalhe são como peças de um quebra-cabeça que contribui para a narrativa única do agora. Em ambientes feitos para a CASACOR São Paulo, instigo a celebração da experiência e a oportunidade de explorar as infinitas possibilidades que o agora oferece", conta Gustavo.

O arquiteto ainda explica que esse arranjo harmônico entre estilos diferentes é uma abordagem que combina diversos elementos contrastantes e referências de épocas e influências. 

-
-
Foto: Bia Naiuack/Divulgação / Casa.com

Em uma das paredes que ladeia as emblemáticas escadas do Conjunto Nacional, ele trabalhou com espelhos de faixas de 13 cm para criar um efeito ótico. O material ainda duplica o ambiente e reflete peças-chaves, como as luminárias Kegel Kugel, de Palma, a mesa Bar Parsons de Mike Álvares, e outros itens que garimpou em sua minuciosa curadoria.

Outro item destaque é o quadro de Elke Maravilha, uma criação de Abidiel Vicente,  um símbolo de autenticidade, irreverência e diversidade.

-
-
Foto: Bia Naiuack/Divulgação / Casa.com

"Presto uma homenagem a essa figura tão representativa que ressoa em minha própria filosofia, vista na busca expressar a individualidade e celebrar a riqueza das diferenças em cada projeto", revela o profissional.

Nas reflexões sobre o futuro da habitação em um mundo cada vez mais dominado por tendências passageiras e padrões predefinidos, seu Hall é um lembrete para repensarmos nossa relação com o espaço que habitamos e nos reconectarmos com as histórias que nos tornam únicos.

-
-
Foto: Bia Naiuack/Divulgação / Casa.com

Para ele, a sofisticação não está necessariamente ligada à ostentação, mas sim na capacidade de criar ambientes que ultrapassam as expectativas e inspiram admiração na simplicidade, seja em uma casa imponente ou em um espaço despojado. A incorporação de elementos que conferem elegância e refinamento, sem cair na armadilha do excesso, é o fator chave. 

"Eu o vejo tanto como um local de passagem quanto de destino, pois em minha visão do morar, os espaços são um local de encontro e expressão individual, como também são passageiros em vida", avalia Gustavo. 

Casa.com
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade