PUBLICIDADE

Casa em Paraty mistura visual contemporâneo e clima de Bali

ver comentários
Publicidade

Quando a designer de interiores Marília Veiga chegou para fazer a decoração de uma casa de 600 m2 no sofisticado condomínio de Laranjeiras, em Paraty, encontrou uma construção com visual bastante contemporâneo: sob uma grande laje de concreto aparente, uma ampla área de convívio integra cozinha, sala de jantar, sala de estar e sala de TV e abre-se para a área da piscina. 

Diante das linhas arrojadas, Marília optou por uma decoração com estilo bem contemporâneo, mesmo se tratando de uma casa de praia. Por isso, a designer manteve um visual básico nas partes estruturais, com chão de cimento queimado, paredes brancas e muita madeira nos móveis e estruturas externas. E os móveis centrais foram feitos a partir de materiais neutros, como a mesa da sala de jantar, madeira laqueada branca e as bancadas da cozinha e móvel do home theater, ambos feitas com madeira de demolição. “Fiz o desenho do móvel do home theater, escolhi o tapete, e tive a ideia da sala de jantar com a mesa branca e a bancada de madeira de demolição”, conta a designer. 

Outro elemento que influenciou bastante o projeto foi o entorno da casa. As janelas da área de convívio integrada se abrem por inteiro para o terreno de 1000 m2 com um vasto gramado e repleto de plantas, o que cria a impressão de se estar ao ar livre quase o tempo todo, permite um ótimo aproveitamento da luz natural e faz da natureza um importante elemento da decoração. 

E como a casa é toda voltada para fora, nada mais natural que um dos pontos altos do projeto fosse justamente o conjunto formado pela piscina e pela churrasqueira, localizadas em frente à construção principal. Nessa área Marília criou um visual mais praiano, com espreguiçadeiras e almofadas que remetem aos hotéis de Bali, na Indonésia. O tecido do revestimento das espreguiçadeiras é impermeável, o que faz com que elas não fiquem só de enfeite, mas possam ser usadas pelos banhistas sem problemas. 

Tudo isso deixou a casa do jeito que o casal de proprietários queria: um lugar delicioso para receber familiares e amigos. Marília, aliás, fez questão de acrescentar alguns detalhes à decoração que deixassem a residência com a cara dos donos, como a coleção de barquinhos que foi encaixada na estante ao lado da escada. 

Por fim, a designer também se preocupou em adotar soluções ecológicas no projeto, como um sistema de automação das lâmpadas que economiza energia elétrica e aumenta a vida útil das lâmpadas, além das janelas que permitem um melhor aproveitamento da luz natural e do uso da madeira de demolição nos móveis. 

Fonte: PrimaPagina
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade