PUBLICIDADE

Alecrim: saiba como plantar em casa

Aprenda quais cuidados tomar para que a planta cresça saudável

30 out 2021 09h05
ver comentários
Publicidade
Saiba como plantar alecrim em casa
Saiba como plantar alecrim em casa
Foto: Shutterstock / Alto Astral

Alô, mães de planta! Se você é apaixonada pelo mundo natural, aposto que você está cultivando uma horta na sua casa, acertei? Pois saiba que o alecrim é uma das ervas que não pode faltar no seu espaço verde. Bastante utilizado como tempero na culinária ao redor do mundo, ele também tem um potencial fitoterápico incrível e costuma ser usado para chás para aliviar a ansiedade e o estresse.

Segundo José Kolya, professor de paisagismo da Arquitec Escola de Arte e Design, para crescer bem o alecrim precisa de um solo aerado e que não fique muito encharcado. Assim, o ideal é adicionar areia ao seu substrato de plantio para que auxilie a drenagem. "Para montar essa base de plantio, podemos usar 3 partes de terra vegetal preta, 2 parte de humos de minhoca, de 1,5 parte de areia. Ao colocarmos a muda, devemos pressionar seu torrão contra o solo para não deixarmos espaços de ar sob à terra", explica.

Após o plantio, é preciso regar constantemente para manter à terra úmida, mas não encharcada. As primeiras semanas serão decisivas para o sucesso da planta, portanto não deixe faltar água. Após 20 dias, é possível diminuir as regas até uma frequência de 3 vezes na semana. O alecrim é uma planta rústica e irá se manter firme e saudável. "Não se esqueça que se trata de uma planta de sol, portanto não ficará muito feliz na sombra", alerta Koyla.

Dicas extras

Além da utilização em refeições e chás, o alecrim pode oferecer um aroma gostoso para a sua casa. Uma sugestão muito legal é pendurar um ramalhete da erva em um barbante e fixá-lo no cano ou bocal do chuveiro. "Durante os banhos quentes, o vapor d'água irá interagir com o ramalhete, perfumando o ambiente e transformando o banho em um momento de relaxamento e cuidado com a saúde", fala o paisagista. 

Outra ideia interessante é colocá-lo em um saquinho de pano e guardá-lo na fronha dos travesseiros. Só teme cuidado com os excessos, pois o aroma pode ficar enjoativo, uma vez que vai ficar bem perto de você durante o período do sono.

Fonte: João Bidu e José Kolya, professor do curso livre de paisagismo da Arquitec Escola de Arte e Design, em Campinas.

Alto Astral
Publicidade
Publicidade