PUBLICIDADE

Aprenda a evitar problemas de saúde bucal em cães e gatos

Médico-veterinário explica cuidados que devem ser tomados com a saúde bucal dos pets e como prevenir doenças graves

12 mai 2024 - 15h18
Compartilhar
Exibir comentários

Seu pet está com mau hálito, placa dentária ou dentes fracos e amarelados? Conforme o médico-veterinário Igor Soffo, do Centro Universitário Max Planck (UniMAX Indaiatuba), esses podem ser sinais de que há algo errado com a saúde bucal do cão ou gato.

Entenda como cuidar da saúde bucal dos pets
Entenda como cuidar da saúde bucal dos pets
Foto: Shutterstock / Alto Astral

Existindo ou não esses sinais, é muito importante cuidar da higiene bucal dos bichinhos. Afinal, é justamente a falta dela que causa várias doenças em cães e gatos. "Doenças periodontais em pets de todas as idades não são incomuns, já que a falta de cuidado gera a predisposição ao acúmulo de placa bacteriana, favorecendo a formação de tártaro e o mau hálito", salienta o especialista.

O tártaro, especificamente, ocorre muito porque é comum que, após a alimentação, restos de comida fiquem presos nos dentes de cães e gatos. E, sem a limpeza regular, bactérias vão se acumular e formar placas bacterianas.

O acúmulo de tártaro se inicia próximo à gengiva e se estende por todo o dente. Com a evolução da doença, ligamentos e ossos são destruídos, fazendo o dente cair. Manchas amareladas são um sinal da doença, que pode se tornar muito grave. Isso porque, quando se agrava, as bactérias podem cair na corrente sanguínea e atingir demais órgãos, como coração, rins e fígado.

Como prevenir

Para prevenir problemas e cuidar da saúde bucal dos pets, o mais importante é a escovação. Como a placa bacteriana aparece mais ou menos 48h após o acúmulo de sujidades, escovar com frequência vai ajudar a evitar isso, além de remover alguma que já esteja se formando.

"A escovação deve-se iniciar quando ainda jovem, desta forma o animal permite, gradualmente, a manipulação e escovação. É difícil a adaptação de animais adultos em relação à escovação", orienta o veterinário. Vale lembrar também que se deve sempre usar pastas de dente específicas para pets e petiscos para cuidado oral também podem ser úteis.

Outra dica é prestar atenção se os brinquedos mastigáveis do animal são adequados, já que eles também podem ajudar ou piorar a saúde bucal dos pets. Ademais, é essencial levar o bicho ao veterinário regularmente, para que seja feita uma avaliação. Dependendo do caso, ele pode recomendar uma limpeza periodontal, que ocorre com anestesia geral.

Alto Astral
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade