2 eventos ao vivo

Pratos divertidos estimulam criança a experimentar alimentos

10 jun 2014
08h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Todos sabem que uma alimentação equilibrada é importante para suprir as necessidades nutricionais, principalmente na infância. Porém, há muitas crianças com dificuldade para comer alimentos saudáveis e isso pode prejudicar o crescimento e o desenvolvimento. 

“Uma das formas de agradar e estimular os pequenos é usar a imaginação para montar os pratos”, garante Iara Pasqua, nutricionista do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, que, em parceria as nutricionistas Daniela Almeida Lopes e Jessica de Freitas, ensinam o que você pode fazer na cozinha. 

Cortes diferentes
Legumes como pepino, cenoura e beterraba podem ser cortados em fatias longas, triângulos e cubinhos. No caso das verduras, como a couve, o corte das folhas é o chiffonade, que consiste em colocar uma folha em cima da outra, enrolar e cortar.  

Acessórios culinários 
Com o boleador, a decoração dos pratos fica bem variada. Você pode usá-lo em legumes, como as batatas, e nas frutas, como o mamão. Lance mão dos cortadores em formatos diversos, inclusive no pão de forma para fazer o lanche da garotada.

Brinque com as cores
Quanto mais cor tiver no prato da criança, mais saudável e atraente ela será. Pense em fazer as refeições com alimentos coloridos. Os vermelhos, ricos em licopeno, são antioxidantes, como o tomate, melancia e o pimentão vermelho. 

Já os roxos, como o repolho, rabanete e a berinjela, protegem o cérebro, enquanto que os amarelos (laranja, pêssego e milho) têm betacaroteno, antioxidante que combate os radicais livres, prevenindo o envelhecimento. 

“Vale incluir os brancos, como arroz, cebola e couve-flor, fontes de nutrientes como cálcio e potássio, e os verdes-escuros, como abobrinha, brócolis e couve, que contam com minerais, entre eles, o magnésio, importante para o bom desenvolvimento”, explica Iara. 

Por fim, lembre-se de colocar também os marrons, que são as oleaginosas e os cereais integrais, que atuam no combate dos níveis do colesterol ruim. 

 

Fonte: Qualitá
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade