PUBLICIDADE

Filhotes de pinguins saltam de penhasco de 15 metros na Antártica para nadar pela primeira vez; veja

Cena nunca antes capturada foi compartilhada pelo perfil do National Geographic nas redes sociais

12 abr 2024 - 13h02
(atualizado às 13h31)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Filhotes de pinguins-imperadores enfrentam seu primeiro contato com as águas geladas da Antártica após saltarem de um penhasco de 15m de altura e passarem por um rito de passagem.
Vídeo mostra primeiro salto de bebês pinguins de penhasco de 15 metros na Antártica:

Filhotes de pinguins-imperadores enfrentam um rito de passagem ao realizarem seu primeiro contato com as águas geladas da Antártica. Segundo pesquisadores, o começo de sua jornada se inicia com um mergulho a partir de um penhasco com 15 metros de altura. A cena, nunca antes capturada para a televisão, foi compartilhada pelo perfil do National Geographic nas redes sociais nesta quinta-feira, 11. 

Com seis meses de idade é comum que os pinguins dessa espécie sigam em direção ao oceano. Os primeiros passos, dizem pesquisadores, são em direção ao abismo para se lançar na água. 

A filmagem foi capturada por um drone operado pelo diretor de fotografia da National Geographic, Bertie Gregory, que dedicou dois meses seguindo um grupo de 10.000 pinguins-imperadores na Península Antártica.

Foto: NatGeo

“É chamado de emplumação, quando eles nadam pela primeira vez. Normalmente, eles saltam do gelo marinho, que tem 30 ou 60 centímetros de altura. Estávamos percebendo que esses estavam passando para um lugar diferente. Então, lancei o drone, voei até lá para ver o que estava acontecendo e percebi que eles estavam empilhados na beira de um enorme penhasco de gelo de 15 metros”, disse ele ao programa Good Morning America.

A filmagem faz parte de um projeto chamado Secrets Of, que já recebeu um prêmio Emmy. Desta vez, o projeto irá explorar Secrets of the Penguins, com estreia marcada para o Dia da Terra --que é 22 de abril.

“Eles caiam e havia grandes pedaços de gelo flutuando na água abaixo deles, então, foi como cair sobre um pedaço de concreto”, disse Gregory. “Mas, para minha surpresa, eles não estavam apenas sobrevivendo, mas também aparecendo e dizendo: 'Eu sei nadar!' Este é o primeiro mergulho deles, o primeiro mergulho de suas vidas", completa. 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade