PUBLICIDADE

Capital da Índia registra mais de 50ºC nesta quarta-feira; estudantes desmaiam em escola

País está enfrentando uma "onda de calor severa", informou os serviços de meteorologia; temperaturas devem começar a diminuir na quinta

29 mai 2024 - 11h25
(atualizado às 11h30)
Compartilhar
Exibir comentários
Um homem cobre a cabeça com um pano para se salvar da onda de calor em curso, em um dia quente de verão em Nova Delhi, Índia, em 29 de maio de 2024
Um homem cobre a cabeça com um pano para se salvar da onda de calor em curso, em um dia quente de verão em Nova Delhi, Índia, em 29 de maio de 2024
Foto: Amarjeet Kumar Singh/Anadolu via Getty Images

Nos últimos dias, a Índia está enfrentando uma "onda de calor severa", informou os serviços de meteorologia. A capital indiana, Nova Delhi, registrou nesta quarta-feira, 29, a temperatura de 52,3ºC, recorde histórico.

Um dia antes, os termômetros da cidade tinham marcado 49,9 ºC. Um caminhão municipal precisou borrifar água em ruas da cidade para aliviar a onda de calor.

Segundo a agência de notícias Reuters, estudantes desmaiaram em uma escola pública no estado de Bihar, no leste do país, devido ao calor. Imagens da ANI mostram uma menina deitada no banco de uma sala de aula enquanto os professores borrifam água em seu rosto e a abanam com um livro.

"O desequilíbrio eletrolítico está causando desmaios, vômitos e tonturas", disse Rajnikanth Kumar, médico do hospital que trata os estudantes.

Um caminhão municipal borrifa água em uma estrada para aliviar a onda de calor em curso, em um dia quente de verão em Nova Delhi, Índia, em 29 de maio de 2024.
Um caminhão municipal borrifa água em uma estrada para aliviar a onda de calor em curso, em um dia quente de verão em Nova Delhi, Índia, em 29 de maio de 2024.
Foto: Amarjeet Kumar Singh/Anadolu via Getty Images

Conforme os serviços de meteorologia, a previsão é de que as temperaturas comecem a diminuir a partir da próxima quinta-feira, 30, no noroeste e centro da Índia. O país declara uma "onda de calor severa" quando a temperatura máxima é 6,5 ºC mais alta do que o normal.

Em 2024, países da Ásia tiveram um verão mais quente. Cientistas afirmam que essa situação tem sido agravada pelas alterações climáticas provocadas pelo homem.

Ciclone na Índia

Na última segunda-feira, um grande ciclone atingiu as costas de Índia e Bangladesh, e deixou ao menos 16 pessoas mortas e cortou a energia de milhões de pessoas.

O ciclone Remal é a primeira das tempestades frequentes que são esperadas nas costas baixas dos países do sul da Ásia neste ano, com as mudanças climáticas aumentando as temperaturas da superfície do mar. 

Com velocidade de até 135 kms/h, ele atravessou a área ao redor do porto de Mongla, em Bangladesh, e as ilhas Sagar adjacentes em Bengala Ocidental, na Índia, na noite de domingo, segundo autoridades climáticas, atingindo a terra aproximadamente às 21h, horário local. (*Com informações da Reuters).

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade