PUBLICIDADE

COP 28: Reino Unido anuncia doação de mais R$ 215 milhões para Fundo Amazônia

Na conferência da ONU para as Mudanças Climáticas, o governo britânico assinou o contrato com o BNDES que permitirá o repasse dos valores ao fundo

2 dez 2023 - 17h49
(atualizado às 18h03)
Compartilhar
Exibir comentários
A ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva (esq.), a ministra britânica para segurança energética, Claire Coutinho (centro) e o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante (
A ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva (esq.), a ministra britânica para segurança energética, Claire Coutinho (centro) e o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante (
Foto: Reprodução Embaixada Britânica no Brasil / Perfil Brasil

O Reino Unido anunciou neste sábado (2) que vai doar mais 35 milhões de libras (o equivalente a cerca de R$ 215 milhões) ao Fundo Amazônia.

O país também assinou o contrato com o Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) que permitirá o repasse para o Fundo Amazônia das 80 milhões de libras (cerca de R$ 500 milhões), que já haviam sido prometidos pelo primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva em maio.

O anúncio foi feito pela ministra britânica para Segurança Energética do Reino Unido, Claire Coutinho, em encontro com a ministra brasileira do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva, e o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, durante a COP 28 - mais importante conferência da ONU para as mudanças climáticas que acontece até o dia 12 de dezembro, em Dubai, nos Emirados Árabes.

Criado em 2008, o Fundo Amazônia financia ações de redução de emissões de gases do efeito estufa provenientes da degradação florestal e do desmatamento (quando árvores são cortadas e queimadas, é liberado em forma de gás o carbono que estava estocado na massa vegetal).

Considerado uma iniciativa pioneira na área, o fundo reúne doações internacionais para apoiar comunidades tradicionais e organizações que atuam na região, além de fornecer recursos diretamente para os estados e municípios para ações de combate ao desmatamento e queimadas.

Ao menos dez cidades podem ser 'engolidas' pelo mar a partir de 2050; saiba quais Ao menos dez cidades podem ser 'engolidas' pelo mar a partir de 2050; saiba quais

A iniciativa foi paralisada em 2019, por medidas do governo Jair Bolsonaro, com mais de R$ 3 bilhões em caixa que haviam sido doados pela Noruega e pela Alemanha.

Perfil Brasil
Compartilhar
Publicidade
Publicidade