PUBLICIDADE

Nova Montana: o que podemos esperar da anti-Toro da GM

Nova Chevrolet Montana só vai manter o nome, pois será maior, baseada no SUV Tracker, e poderá usar motor 1.4 do Cruze

30 jul 2021 06h30
ver comentários
Publicidade
Nova Chevrolet Montana na visão de Kleber Silva.
Nova Chevrolet Montana na visão de Kleber Silva.
Foto: Kleber Silva / KDesign

Ainda há muito mistério sobre a nova geração da picape Chevrolet Montana, que já foi anunciada como parte do investimento de R$ 10 bilhões da GM no Brasil. O máximo que a GM divulgou foi um desenho com os traços laterais de uma picape. Entretanto, ligando todos os pontos, conseguimos antecipar alguns aspectos visuais e técnicos da nova Montana.

A nova Montana será produzida em São Caetano do Sul (SP). No momento, a tradicional fábrica da GM está com a produção paralisada por causa das reformas necessárias para receber a nova linha de montagem. A segunda geração da Montana usava a plataforma do Chevrolet Agile; a nova usará a do Tracker. A nova Chevrolet Montana deixará a categoria de picapes pequenas e será vendida na categoria de picape compacta monobloco de cabine dupla.

Em poucas palavras: a nova Montana será uma anti-Toro. Foi o sucesso da Fiat Toro que motivou a GM a mudar sua picape. Portanto, ela vai passar dos antigos 4,50 m para mais de 4,90 m. A distância entre-eixos da nova Montana deve ficar próxima de 3 metros. Por causa disso, o motor terá que ser mais potente e mais forte. O antigo motor 1.4 aspirado de 99 cv, portanto, está descartado. Uma escolha óbvia da GM será o motor 1.2 turbo de 133 cavalos do Tracker.

Nova Chevrolet Montana na visão de Kleber Silva.
Nova Chevrolet Montana na visão de Kleber Silva.
Foto: Kleber Silva / KDesign

Mas, segundo o site GM Authority, que é especializado em notícias não oficiais da General Motors, a nova Montana pode utilizar o motor 1.4 turbo de 153 cv e 240 Nm do Chevrolet Cruze. Este motor é fabricado na Argentina e, por ser turbinado, é considerado eficiente e atual. O motor 1.0 turbo de 116 cv e 165 Nm é uma incógnita. Especialistas do mercado acreditam que até o 1.2 de 133 cv e 210 Nm já será fraco para dar conta de uma picape carregada.

Como a nova Montana terá cabine dupla, a caçamba será menor do que a da velha Montana, que abrigava 1.152 litros e carregava 756 kg de carga. Uma dos fatores de sucesso da Toro é sua caçamba, que tem 937 litros de capacidade, enquanto a Renault Oroch tem 693. A Toro mede 4,94 m de comprimento e a Oroch tem 4,69 m. A Montana deve ficar mais próxima da Toro.

Visualmente, a GM pode adotar uma solução convencional, seguindo o padrão do Chevrolet Tracker, ou ser mais ousada, conforme a projeção feita pelo designer Kleber Silva. O artista brasileiro fez um a renderização da nova Montana com um conjunto óptico bem ousado, na mesma linha da Fiat Toro e também de carros da própria Chevrolet, como o novo Trailblazer.

Nova Chevrolet Montana na visão de Kleber Silva.
Nova Chevrolet Montana na visão de Kleber Silva.
Foto: Kleber Silva / KDesign

Para o interior, Kleber Silva projetou uma multimídia flutuante e volante de base arredondada, com um quadro de instrumentos convencional, como o do Tracker. A traseira é a parte mais ousada da renderização, com linhas retas e um filete de led ligando as duas lanternas.

Durante anos a Fiat Toro liderou o segmento com um motor 1.8 aspirado de 139 cv e 189 Nm. Portanto, o motor 1.2 turbo de 133 cv e 210 Nm pode dar conta da exigência da nova Montana. Porém, hoje, a Toro tem também um motor 1.3 turbo de 185 cv e 270 Nm, além do 2.0 turbo diesel de 170 cv e 350 Nm. A GM tem grande variedade de motores no mundo e este será um ponto chave para as aspirações comerciais da nova Montana. 

O lançamento da nova Chevrolet Montana está previsto para 2022. Se fosse vendida hoje, a nova Montana custaria cerca de R$ 115 mil na versão de entrada. Não está prevista a motorização a diesel e tração 4x4. Dentro da linha Chevrollet, este terreno deverá continuar sendo exclusivo da picape S10, que concorre no segmento de picapes médias com carroceria sobre chassi.

Guia do Carro
Publicidade
Publicidade