0

Chevrolet Onix RS dá esportividade ao carro nº 1 do Brasil

GM apresenta a bela versão esportivada do Onix para apimentar as vendas do líder. Onix RS Turbo tem 116 cv e traz nova tela multimídia de 8"

23 set 2020
12h30
atualizado às 12h33
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Chevrolet Onix RS Turbo: capricho no design e foco nos equipamentos certos para vender mais.
Chevrolet Onix RS Turbo: capricho no design e foco nos equipamentos certos para vender mais.
Foto: GM / Divulgação

O carro mais vendido do Brasil acaba de ganhar uma versão que o deixou mais esportivo. Trata-se do Chevrolet Onix RS, que estreia no mercado brasileiro com motor 1.0 turbo e câmbio automático de seis marchas. A nova versão foi apresentada pela GM e tem uma missão muito clara: aumentar as vendas do hatchback, que mantém a liderança, mas sofre ataque sem precedentes de outros modelos. O novo Onix RS não tem pretensão de ser um esportivo, mas sim um carro esportivado.

Além do design arrojado, o Chevrolet Onix RS inaugura a tela de 8” na central multimídia MyLink. Todos os outros atributos de sucesso da linha Onix estão disponíveis na nova versão RS, como os seis airbags, o motor turbo e a transmissão automática adaptativa, que “aprende” a forma de dirigir do motorista e entrega o desempenho mais adequado de acordo com seu estilo. O carro começa a chegar nas concessionárias na primeira quinzena de outubro e foi apresentado junto com a série Midnight do Onix Plus.

Aerofólio "flutuante" foi uma bela solução de design para a parte traseira do Onix.
Aerofólio "flutuante" foi uma bela solução de design para a parte traseira do Onix.
Foto: GM / Divulgação

O Onix RS tem vários itens exclusivos. A dianteira do hatch foi redesenhada e traz uma nova grade tipo colmeia, com a gravatinha Chevrolet em preto, além de spoilers mais pronunciados nas extremidades do para-choque. Os faróis têm máscara negra e luzes DRL com moldura em preto brilhante. Um delicado toque de bom gosto do design aparece no emblema RS posicionado do lado esquerdo.

O design é caprichado, pois, segundo a GM, trata-se do primeiro item considerado pelos clientes do Onix. A lateral, por exemplo, tem saias na cor do veículo que passam a sensação de que ele é ainda mais baixo do que o habitual (128 mm do chão). As novas rodas de alumínio de 16” são pintadas de preto. Os retrovisores são pintados em pretro metálico. 

Quadro de instrumentos com grafismo exclusivo e ponteiros iluminados em LED.
Quadro de instrumentos com grafismo exclusivo e ponteiros iluminados em LED.
Foto: GM / Divulgação

Na parte traseira -- a parte mais sensível do Onix hatch em termos de design -- aparece a grande surpresa da versão RS: um aerofólio “flutuante” sobre a tampa do porta-malas. O emblema com o nome do carro também traz acabamento escurecido. Aliás, o teto é pintado de preto nas três cores oferecidas: Branco Summit, Vermelho Carmim e Preto Ouro Negro. Os retrovisores, o teto e o aerofólio utilizam tinta metálica, enquanto a as máscaras dos faróis e os adesivos das colunas são foscos.

Por dentro, além da tela multimídia maior, o novo Chevrolet Onix RS é quase todo preto, inclusive no forro do teto. Os estilistas da GM adotaram pequenos detalhes em vermelho que deram ao carro um visual realmente especial. A cor vermelha para quebrar o preto aparece nas costuras pespontadas da forração premium do volante esportivo de base reta e nos bancos inteiriços, inspirados em carros de competição. As saídas de ar têm um toque de vermelho acetinado para combinar com o grafismo do quadro de instrumentos, que é exclusivo e tem os ponteiros iluminados em LED.

Versão esportivada do Chevrolet Onix pode aumentar as vendas do líder em até 10%.
Versão esportivada do Chevrolet Onix pode aumentar as vendas do líder em até 10%.
Foto: GM / Divulgação

Apresentado durante uma live transmitida desde a sede da GM em São Caetano do Sul (SP), o novo Onix RS ganhou uma forte justificativa para a escolha do motor 1.0 turbo de 116 cv e não do 1.2 turbo de 133 cv (disponível no Chevrolet Tracker): preço. Segundo os executivos de marketing da GM, o Onix RS não chega apenas para fazer imagem de marca e sim para aumentar as vendas do modelo. Portanto, o preço é fundamental. Eles consideram que o mercado está muito competitivo e todas as decisões de conteúdo levaram em conta o potencial de vendas do carro. 

Também por este motivo, o Onix RS não conta com câmbio manual nem sequer com aletas para trocas de marcha no câmbio automático. A GM deixou aberta a possibilidade de o Onix ganhar um dia o câmbio tipo borboleta, mas somente quando essa demanda for identificada nas clínicas realizadas com a base de clientes. Desejos da mídia especializada ou de motoristas isolados não têm força para a substituição da alavanca de câmbio com um botãozinho lateral. A GM também destaca que o Onix hatch já conta com um ajuste de suspensão mais firme e que o câmbio automático é adaptativo, oferecendo um bom desempenho -- se não de um esportivo, pelo menos de um digno esportivado.

Com motor 1.0 turbo de 116 cv, Onix RS acelera de 0-100 em 10,1 segundos.
Com motor 1.0 turbo de 116 cv, Onix RS acelera de 0-100 em 10,1 segundos.
Foto: GM / Divulgação

O motor 1.0 turbo flex entrega 116 cv a 5.500 rpm e 165 Nm a 2.000 rpm (com etanol). A potência com gasolina é a mesma, mas o torque é um pouquinho inferior: 160 Nm. O Onix RS acelera de 0-100 km/h em 10,1 segundos. Segundo a GM, na comparação com outros compactos de apelo esportivo, o Onix RS leva vantagem no consumo de combustível, que chega a ser 30% menor. Com gasolina, o carro faz 14,4 km/l na estrada e 10,1 km/l na cidade. Com etanol, faz 12,0 km/l e 8,3 km/l. O Onix RS pesa 1.085 kg, o que lhe confere uma relação peso/potência de 9,3 kg/cv.

Junto com a série especial Onix Plus Midnight, também apresentada nesta quarta-feira (23), o Onix RS deve aumentar as vendas da linha Onix entre 5% e 10%. Em agosto, a família Onix/Onix Plus vendeu 16.583 unidades (sendo 64% para o hatch). Portanto, a expectativa da GM é vender entre 500 e 1.000 unidades do Onix RS a cada mês. Como o mercado está muito sensível, nem mesmo o preço do Onix RS foi divulgado. A GM revelou apenas que a versão RS ficará posicionada entre a LTZ (superior) e a Premier (topo de linha), ou seja, entre R$ 67.390 e R$ 77.090.

Itens exclusivos do Onix RS 

  • Gravata “Black Bow Tie” Chevrolet
  • Kit aerodinâmico com spoiler frontal e traseiro, grade tipo colmeia, saia lateral e aerofólio
  • Faróis tipo projetor com máscara negra
  • Luz de condução diurna em LED com moldura em preto brilhante
  • Rodas de 16 polegadas com design esportivo
  • Retrovisor com capa e teto pintados em preto metálico
  • Logo Onix em preto fosco
  • Revestimento interno de teto e coluna escurecidos
  • Volante com base reta e bancos inteiriços que remetem a carros de corrida
  • Acabamento interno com detalhes em vermelho no painel e nas costuras pespontadas
  • Padronagem de banco RS
  • Conectividade, conforto e segurança
  • MyLink compatível Android Auto e Apple Car Play e agora com tela maior, de 8”
  • Sistema de áudio com seis alto-falantes
  • Ar-condicionado
  • Direção com assistência elétrica
  • Travas e vidros elétricos com controle remoto na chave
  • Sensor de estacionamento traseiro
  • Computador de bordo
  • Controlador de limite de velocidade
  • Regulagem de altura do banco e cinto de segurança do motorista
  • Regulagem de altura e profundidade para o volante
  • Airbag duplo frontal, duplo lateral e duplo de cortina
  • Freios ABS com sistema de distribuição de frenagem e assistência de frenagem de urgência
  • Controle eletrônico de estabilidade e tração
  • Assistente de partida em aclive

Personalização

O consumidor ainda pode personalizar o Chevrolet Onix RS com diversos acessórios, como tapetes de carpete com borda vermelha e logo “RS”, pedaleiras esportivas, tapete de bandeja de porta-malas, ponteira do escapamento cromada com dupla saída e antena de teto mais curta.

Chevrolet Onix RS Turbo: à venda na primeira quinzena de outubro.
Chevrolet Onix RS Turbo: à venda na primeira quinzena de outubro.
Foto: GM / Divulgação

 

Veja também:

Eldorado Expresso: Fome no Brasil
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade