0

BMW resgata condução esportiva clássica com os novos M3 e M4

Sexta geração do M3 Sedan e segunda geração do M4 Coupé têm câmbio manual e tração traseira com motores 3.0 em linha de 480 cv e 510 cv

24 set 2020
11h39
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Novos BMM M4 Coupé (amarelo) e M3 Sedan (verde): condução esportiva clássica.
Novos BMM M4 Coupé (amarelo) e M3 Sedan (verde): condução esportiva clássica.
Foto: BMW / Divulgação

A BMW apresentou os novos M3 Sedan e M4 Coupé. Trinta e cinco anos após o lançamento do primeiro M (o lendário E30 M3), a sexta geração do M3 e a segunda geração do M4 elevam os atributos de rua e de pista. Os dois esportivos são equipados com a última versão dos motores BMW biturbo S58 em linha 3.0 com 510 cv e oferecem a opção da tradicional transmissão manual de seis marchas, algo raro neste segmento.

Quatro versões serão oferecidas no lançamento no mercado global, em março de 2021, todos eles com tração traseira: o M3 Sedan com transmissão manual e o M3 Competition Sedan com transmissão automática; o M4 Coupé com transmissão manual e o M4 Competition Coupé com transmissão automática. Ainda em 2021 as versões Competition receberão a opção M xDrive (tração integral).

BMW M3 Sedan chega à sexta geração, enquanto o M4 Coupé chega à segunda geração.
BMW M3 Sedan chega à sexta geração, enquanto o M4 Coupé chega à segunda geração.
Foto: BMW / Divulgação

O novo motor S58 oferece 480 cv a 6.250 rpm e 550 Nm de torque entre 2.650 e 6.130 rpm. Isso permite que o M3 Sedan e o M4 Coupé acelerem de 0-100 km/h em 4,2 segundos e atinjam 250 km/h de velocidade máxima (ou 290 km/h com o Pacote M Driver). Já o motor S58 das versões Competition é mais poderoso e entrega 510 cv a 6.250 rpm e 650 Nm entre 2.750 e 5.500 rpm. O tempo de aceleração de 0-100 km/h é reduzido para 3,9 segundos a a velocidade máxima é a mesma: 250 km/h (ou 290 km/h com M Driver). Segundo a BMW, todos os modelos atingem a faixa vermelha do conta-giros em 7.200 rpm.

Interior do M3 e do M4 são iguais, pois o que muda nos carros é só a carroceria.
Interior do M3 e do M4 são iguais, pois o que muda nos carros é só a carroceria.
Foto: BMW / Divulgação

Os novos BMW M3 e M4 incluem sistemas de resfriamento de água e óleo projetados para resistir às altas temperaturas do uso em pista. As grandes entradas dianteiras garantem que haja fluxo de ar suficiente para os radiadores de baixa e alta temperatura na parte superior da abertura da grade. Já o fluxo de ar da área inferior é usado para resfriar o óleo do motor e nas versões Competition há um resfriador independente.

O sistema de escape duplo nos novos M3 e M4 foi ajustado com foco em desempenho e sonorização. Ponteiras duplas cromadas, com acabamento em preto, identificarão as versões Competition. Os flaps controlados eletricamente fornecem níveis de som “confortáveis”, segundo o fabricante. É possível selecionar os modos de condução Sport ou Sport + e aumentar a intensidade do ronco do escapamento. Há ainda o botão de som M que permite que o motorista reduza a nota do motor quando desejado -- ele funciona em qualquer modo de direção.

Os dois carros têm tração traseira e câmbio manual, como gostam os puristas.
Os dois carros têm tração traseira e câmbio manual, como gostam os puristas.
Foto: BMW / Divulgação

Aleluia porque o carro tem opção de câmbio manual! Em um segmento cada vez mais desprovido de experiência de direção clássica, os novos M3 e M4 destoam ao oferecer a opção de tração traseira e transmissão manual de seis velocidades. A BMW promete  mudanças de marcha curtas e precisas para aumentar a conexão entre o motorista e o carro. Também há um assistente de mudança de marcha que melhora a estabilidade direcional durante uma condução mais dinâmica, combinando as rotações do motor durante as reduções. Porém, o sistema pode ser desligado por meio do menu iDrive por motoristas mais experientes. Houve uma redução de 22 kg em relação à transmissão automática M Steptronic de oito velocidades e uma distribuição de peso aprimorada.

Novo M3 Sedan acelera de 0-100 km/h em 4,2 segundos e chega a 250 km/h.
Novo M3 Sedan acelera de 0-100 km/h em 4,2 segundos e chega a 250 km/h.
Foto: BMW / Divulgação

A BMW informou que também houve melhorias na carroceria e no chassi (em relação às versões que não integram a família M). De acordo com o fabricante, a suspensão M Adaptativa (com amortecedores controlados eletronicamente) oferece controle preciso com conforto e agilidade. O sistema de frenagem integrado M tem duas configurações selecionadas pelo motorista para sentir o pedal do freio. E o controle de tração M traz uma nova função integrada ao controle de estabilidade. Ela ajusta a sensibilidade de subesterço (saída de frente) e sobresterço (saída de traseira) em 10 diferentes estágios, com base nas preferências e necessidades do motorista.

BMW M4 Coupé na versão Competition, a mais nervosa, que tem motor de 510 cavalos.
BMW M4 Coupé na versão Competition, a mais nervosa, que tem motor de 510 cavalos.
Foto: BMW / Divulgação

Os componentes dos freios padrão M foram desenvolvidos especialmente para os novos BMW M3 e M4. O sistema dianteiro é composto por pinça fixa de seis pistões com discos de 380 mm; no traseiro, as pinças são flutuantes de pistão único com discos de 370  mm. As pinças são pintadas em azul metálico, mas há opcionais em preto ou vermelho (todas com o logotipo M, é claro). Há ainda freios opcionais de cerâmica M Carbon para maior poder de frenagem, estabilidade térmica aprimorada e altíssima resistência ao desgaste. Suas pinças são complementadas por discos frontais de 400  mm e discos traseiros de 380  mm.

Sistema dianteiro de freios é composto por pinça fixa de seis pistões com discos de 380 mm, mas há opcional de freios de cerâmica com discos frontais de 400 mm.
Sistema dianteiro de freios é composto por pinça fixa de seis pistões com discos de 380 mm, mas há opcional de freios de cerâmica com discos frontais de 400 mm.
Foto: BMW / Divulgação

Os novos BMW M3 e M4 são os mais agressivos das respectivas séries até hoje. Além disso, o design específico M os diferencia como nunca das versões normais. Cores exclusivas da pintura externa, rodas forjadas de liga leve M, teto de fibra de carbono e o pacote externo opcional M Carbon enfatizam o caráter superesportivo dos modelos.

Interior da versão Competition, preparada para pista, tem opcional para melhorar a condução.
Interior da versão Competition, preparada para pista, tem opcional para melhorar a condução.
Foto: BMW / Divulgação

Por dentro, a dupla M tem detalhes em vermelho para os botões M no volante de couro e o botão start/stop no console central. A alavanca seletora de marcha com interruptor Drivelogic nas versões Competition é revestida em couro com um logotipo M embutido e costuras nas cores M. Se não bastasse tudo isso, os dois carros também contam com acabamento interno opcional em fibra de carbono.

Carro controla as saídas de traseira, mas os motoristas mais experientes podem desligar o sistema.
Carro controla as saídas de traseira, mas os motoristas mais experientes podem desligar o sistema.
Foto: BMW / Divulgação

A nova geração dos BMW M3 e M4 dispõe da tecnologia Live Cockpit Professional e conta com um display de instrumentos totalmente digital de 12,3” e um display central tátil de alta resolução de 10,25” O mais recente sistema operacional iDrive 7.0 inclui navegação com novos mapas armazenados em nuvem e conectividade sem fio para dispositivos móveis como Apple CarPlay e compatibilidade com Android Auto e BMW Intelligent Personal Assistant. O iDrive 7 também permite que motorista e passageiros interajam com os veículos por comandos de voz.

Nova geração do BMW M3 Sedan estreia em março de 2021; carro foi lançado há 35 anos.
Nova geração do BMW M3 Sedan estreia em março de 2021; carro foi lançado há 35 anos.
Foto: BMW / Divulgação

O novo botão de configuração (setup) no console central fornece ao usuário acesso direto às sete opções configurações de uso do trem de força e do chassi. O motorista agora pode usar o controle de toque ou o controlador iDrive para ativar o modo desejado para a resposta do motor, configurações do amortecedor e características ajustáveis de direção e freios. 

Nova geração do BMW M3 Sedan chamou atenção por causa do tamanho da grade.
Nova geração do BMW M3 Sedan chamou atenção por causa do tamanho da grade.
Foto: BMW / Divulgação

Os novos esportivos trazem como opcional o sistema M Drive Professional, desenvolvido especificamente para a condução em pista. Ele ajuda o piloto a fazer progressos consistentes no traçado para uma volta perfeita. Os recursos incluem o M Drift Analyzer, que registra a duração, distância percorrida, linha e ângulo de um drift com uma classificação exibida no display.

Veja também:

Eldorado Expresso: Fome no Brasil
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade