2 eventos ao vivo

Após irregularidade na urna, Senado faz nova votação

Ao contar os votos, Mesa Diretora constatou que havia uma cédula a mais do que deveria

2 fev 2019
16h53
atualizado às 17h21
  • separator
  • comentários

Ao serem contados os votos depositados na urna da eleição do Senado, foi constatado que havia 82 cédulas. A casa é composta por 81 senadores, os únicos com direito a voto.

Não foram analisados quais candidatos receberam apoios. Apenas foi contado o total de cédulas depositadas.

A fachada do Senado Federal
A fachada do Senado Federal
Foto: Pedro França/Agência Senado / Estadão Conteúdo

Haverá nova votação. As cédulas da primeira estão sendo destruídas em uma máquina picadora de papel.

A eleição do Senado deveria ter acontecido nesta sexta (1º), mas a sessão foi muito conturbada. A decisão ficou para hoje. A reunião está menos tumultuada que a da véspera. Ainda assim, o clima é tenso.

Nessa manhã, o STF (Supremo Tribunal Federal) se meteu na eleição. O presidente do Tribunal, Dias Toffoli, determinou que a votação fosse fechada.

Colocada em discussão no Senado, a decisão foi aceita. Às vezes, o Legislativo decide descumprir decisões do Judiciário. Depois, houve discussão se o voto seria eletrônico ou por cédulas de papel. Venceu o papel.

Veja também

 

Fonte: Equipe portal
  • separator
  • comentários
publicidade