PUBLICIDADE

Venda de imóveis por realidade virtual cresce 200%

Realidade aumentada e realidade virtual dão início ao mundo do Metaverso na construção civil.

2 jun 2022 03h00
ver comentários
Publicidade
Foto: Adobe Stock

A forma de se vender e comprar imóveis está mudando rapidamente. Isso devido ao uso da realidade aumentada e realidade virtual que chegam para colocar a construção civil e todo o mercado envolvido no mundo do Metaverso.

Quem explica esse conceito, e já possui diversos projetos nessa área, é o empreendedor Leonardo Delfino, CEO da Criando Valor, empresa de tecnologia que para este primeiro trimestre de 2022 já projeta um crescimento acima de 200% em relação ao mesmo período de 2021. “Estamos prevendo para este ano um crescimento de mais de 450% em relação ao que passou, tudo isso, graças à grande procura que estamos tendo em relação à realidade aumentada”, comenta o empresário.

Delfino conta que é possível desenvolver projetos de realidade aumentada para qualquer área dentro de uma construção, seja um edifício completo, por exemplo, como um apartamento e até de sua decoração. 

“A inovação nessa área é muito grande e a grande vantagem é que saímos daquela maquete ou imóvel decorado preso no stand de vendas e vamos para dentro da casa do cliente, podendo ser visto por toda a família. Isso potencializa muito as vendas e é o que vem levando as construtoras a investirem cada vez nessa área”, ressalta o empreendedor, que possui seus principais projetos de realidade aumentada na Baixada Santista, São Paulo e Balneário Camboriú.

Uma grande novidade do setor é a criação de projetos de realidade aumentada em tamanho real. “A tecnologia envolvida nesse segmento está tão avançada que hoje já é possível criarmos um projeto de realidade aumentada em tamanho real. Ou seja, se você apontar o celular para um terreno vai conseguir ver o prédio a ser construído, exatamente do tamanho que ele será. Isso é realmente novo nessa área”, conta o empresário.

Outro exemplo desse “mundo Metaverso” é a possibilidade de se realizar uma visita virtual com o corretor dentro do imóvel. “O processo na ponta, apesar de toda a tecnologia envolvida, é bem simples: dentro de um tour virtual, o corretor de imóveis chama o cliente em uma vídeo-chamada e, assim, conseguem andar juntos pelo imóvel, conseguindo ver todos os detalhes da planta. São tecnologias de ponta que estão realmente transformando, para melhor, a forma de compra e venda de um imóvel”, conclui Leonardo Delfino.

(*) HOMEWORK inspira transformação, com inteligência digital e capricho artesanal. Nosso jornalismo impacta milhares de leitores todos os dias. E nossas soluções de conteúdo sob medida atendem grandes empresas de todos os tamanhos. Saiba mais sobre nossos projetos e entre em contato!

Homework Homework
Publicidade
Publicidade